quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

As scooters de Porto Rico

Por aquelas bandas adoram transformar as scooters. Se algumas até estão engraçadas, outras...bleeerk! Mas lá está, gostos não se discutem e se os donos gostam delas assim...

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Kymco Myroad 700i - Simplesmente fantástica!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

FELIZ NATAL

FOTOS GIRAS IV



Ena tantos! (Parte I)

Ena tantos!! (Parte II)

Ena Tantos! (Parte III)

                                         Ena tantos! (Parte IV)

Ena tantos! (Parte V)

Ena tantos! (Parte VI)


(Clicar nas imagens para aumentar)

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Comprar uma moto.

Caros amigos, este vai ser o primeiro de uma série de textos que vou escrever sobre motos, equipamento, segurança, manutenção, limpeza, etc, etc. Não sou nenhum especialista da matéria nem “engenheiro” ou seja lá o que for, formado em motos e afins. Tudo o que escrever será baseado apenas e só na minha experiência pessoal e na minha vivência diária a trabalhar com motos. Tenho uma empresa de estafetas, onde a nossa ferramenta de trabalho são as motos, tendo assim provavelmente uma experiência mais profunda neste campo.



A nova lei das 125 foi uma autêntica lufada de ar fresco, dando assim a oportunidade a quem só tinha carta de condução de automóvel, poder também conduzir motos de 125 cc. Estas, as 125, já podem circular nas auto-estradas e na Ponte 25 de Abril e Vasco da Gama, sem dúvida uma mais valia, para quem mora na margem Sul do Tejo ou tenha de circular diariamente por estradas a abarrotar de trânsito. No entanto, se alguns já tinham andado em motos de 50 cc (a quem a maioria chama “motorizadas”), outros nunca andaram de moto, nem mesmo à pendura.

As motos sempre foram vistas como “objectos do diabo”, muitos foram educados de forma a detestarem motos e muitos outros tiveram contacto com motos escondidos dos pais, pois esse abominável bicho chamado moto é muito perigoso! Mas querem a verdade? É muito perigoso, sim!!! A moto é um “bicho” muitíssimo perigoso! Disso não tenham dúvidas! Nunca tenham! No dia em que deixarem de pensar que as motos não são perigosas, preparem-se, Estão a pisar o risco e mais cedo ou mais tarde o acidente acontecerá!

Diz-me a experiência e por certo muitos companheiros de estrada concordarão comigo, que a maioria dos acidentes acontecem, não quando se começa a andar de moto, mas sim quando pensamos que já sabemos andar de moto! Confusos? Eu explico:
Quando se tem o primeiro contacto com uma moto, ou depois de muitos anos sem andar de moto, é claro que o receio aparece. “Será que vou conseguir? Será que ainda me lembro? Será que aguento com o peso da moto?” Tudo perguntas normais de quem se vai iniciar ou vai voltar a andar de moto. O receio é muito e as primeiras voltas são sempre dadas com muito cuidado. Depois, com o passar do tempo já nos vamos sentindo bem em cima da moto e até já se consegue fazer algumas “avarias” a tendência é baixar a guarda, que é como quem diz, deixarmos de ter tanto receio e começarmos a pensar que afinal de contas o Valentino Rossi e seus pares afinal não são assim tão geniais, pois andar de moto é facílimo.
Pois é meus amigos, é aqui que começam a acontecer os acidentes seja por falta de atenção ou excesso de confiança, eles acontecem e olhem que dói muito cair de moto! Eu que o diga!!
Por isso nunca se esqueçam: mesmo que já se sintam à vontade em cima da moto, nunca mas mesmo nunca baixem as defesas! É um conselho de alguém que tem milhares e milhares de quilómetros de moto e que já deu com os costados algumas vezes no hospital! Doi e muito!

A primeira pergunta que devem fazer quando decidirem comprar, é qual o tipo de moto que irão adquirir? Um scooter? Uma utilitária? Um todo-o-terreno? Uma custom (as erradamente chamadas “choppers”)? Como vêm a escolha é imensa e tudo depende daquilo que pretendem da moto. Apenas um veículo de transporte que vos leve ao emprego e apenas e só isto? Uma que permita dar umas voltinhas ao fim-de-semana com pendura? Uma que nos permita circular por caminhos de terra e até fazer algumas brincadeiras? Uma que consiga conjugar o conforto tanto para o condutor como para o pendura possuindo ainda espaço para arrumação e sendo uma moto na qual se possa circular com o fato vestido sem que se suje? Ou uma que nos faça sentir como se fossemos um Valentino Rossi, apesar da sua baixa potência? E que tal circular calmamente numa reluzente moto, toda cheia de cromados? Como podem ver a escolha é enorme, tudo depende do vosso gosto e claro, do vosso bolso!

Aquela que deve ser a primeira regra a cumprir quando se pretende comprar uma moto, independentemente do modelo de moto, é o modo como a “vestimos”. Tenho tido conhecimento de vários casos de pessoas que compraram uma moto apenas porque era bonita e depois tiveram de a vender ou trocar e isto porquê? Compraram porque era bonita ou barataa e nem sem deram ao trabalho de se sentarem nela. Sim, é verdade muitos compram uma moto sem se sentarem nela e isso é um grave erro. Temos de ver como ficamos em cima dela. Se chegamos bem ao chão, se aguentamos com o seu peso, se sentados em posição de condução nos sentimos bem e conseguimos dominar a moto e se todas os comando estão ao nosso alcance. Também muito importante, se a intenção for circular frequentemente com pendura, é a/o pendura sentar-se na moto. O que pode ser óptimo para o condutor pode ser terrivelmente desconfortável para o/a pendura. Na hora de escolher, levem a/o vosso pendura com vocês (principalmente se são as vossas marias, pois por certo também elas quererão dar umas voltinhas e quem sabe até conduzi-las). O pendura que se sente, e veja se a posição é confortável, se leva os pés bem colocados, se as pernas não vão demasiado flectidas, etc, etc. Acima de tudo andar de moto deve ser um prazer que pode ser estragado por uma má escolha.

Ok, moto escolhida é chegada a hora de negociar. Devido ao aumento da procura de motos, muitos dos stands estão a inflacionar os preços dos modelos de 125 cc, seja aumentado os preços ou não fazendo os habitais descontos que sempre fizeram. Descontos esses que podem ser monetários, oferta do custo dos documentos, revisões (ou pelo menos com a mão-de-obra) ou oferta de algum equipamento. Actualmente devido à elevada procura esses “senhores” estão a evitar dar tais descontos. Não vão em conversas! Todos sabemos que a margem de lucro nas pequenas 125 é muito pequena, mas sempre podem fazer algum desconto. Levem isso em conta, pois é a forma de pouparem uns “trocos e/ou ficarem com algum equipamento.

Por vezes nos stands e para “caçarem” o cliente, quando o futuro cliente lhes pergunta a data da entrega da moto, nunca dizem a verdade dando sempre datas incorrectas da entrega da moto, ou seja, mesmo sabendo que não conseguirão entregar a moto ao cliente, costumam dizer que “ no máximo até ao fim da semana pode levantar a moto” ou então “é só pedir a matricula e daqui a 2 ou 3 dias já tem moto. Não vão em conversas! São muito poucos os stands que cumprem o que dizem. Por exemplo, comigo aconteceu entregarem a minha GTS um dia antes da data prevista, mas como eu disse são muito raros os que cumprem. Quando o vendedor começar com essa conversa apertem logo com eles e façam as perguntas da praxe:

- Tem a moto em stock aqui no stand? Já está preparada? Ainda vem do importador? Quantos dias até o importador a entregar? O importador tem para entrega? Pedir a matricula quanto tempo leva (normalmente é de um dia para o outro!)

Raramente as motos são entregues ao cliente na data prevista/combinada. Quando tal não acontecer, sejam chatos, telefonem várias vezes por dia, enviem emails, peçam para falar com o dono do stand caso o negócio tenha sido feito com um empregado e comecem logo a dizer que vão desistir da compra, até porque “conhecem outro stand" que até têm lá uma em exposição. Vale tudo!

E finalmente chega o grande dia! Yuuupiiiiiiiiiiiiii!!


Pois…mas agora vamos ao que interessa:

Já alguma vez conduziu uma moto? Há quantos anos é que não senta o traseiro em cima de uma moto?

Se não tem duvidas em relação à sua experiencia, então força, arranque logo com a sua nova máquina e vá mas é dar umas voltinhas para se habituar a ela.

Agora, se nunca andou de moto, ou a única vez que andou foi ainda no século passado, então das duas uma:

- Ou pede a alguém que lhe traga a moto até casa, para então depois calmamente e sem stress, iniciar-se.

- Combina com o vendedor levantar a moto num Sábado, dar umas voltinhas perto do stand, com supervisão do vendedor e depois então faz-se à estrada, sempre nas calmas…

- Treme tanto e está com tanto medo e mesmo ali desfaz o negócio e perde um balúrdio.


A escolha é sempre sua, mas seja qual for, nunca se esqueça, andar de moto deve ser sempre um enorme prazer!


(clicar nas imagens para aumentar)

Até os mais...digamos...fortemente elegantes (como eu!!!) gostam de andar de moto!!






Coitadinhas das motos.....


(clicar nas imagens para aumentar)



domingo, 13 de dezembro de 2009

INSTRUÇÕES

A página que falta em todos os livros de instruções dos automóveis:

























(clicar na imagem para aumentar)

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Mais noticias sobre a Sym Maxsym



Segundo informações ainda não confirmadas, a nova Maxi-scooter da Sym, a Maxsym, será comercializada com dois tipos de propulsores: 400 cc e 600 cc.
Conforme me foi confidenciado, a primeira a ser comercializada será a Maxsym 600, que já se encontra em fase de finalização de testes. A versão com motor de 400 cc, será comercializada posteriormente.
Resta a dúvida se o propulsor será o monocilindridico de 540 cc (devidamente modificado) que equipa o moto4 Quadraider 600 S, ou um motor bicilíndrico novinho em folha. O segredo é a alma do negócio!

Mais algums pormenores da Sym Maxsym:





(Clicar nas imagens para aumentar)


Catálogo Sym 2010

Podem fazer o download (pdf) do novo catálogo da Sym para 2010.

O link:

http://www.symscooters.co.uk/Sym%20Brochure%20spread_2010(low%20res).pdf



(clicar no link para aceder ao catálogo)

THE SUN

Espectáculo!! Até o famoso tabloíde britânico "The Sun", já fala na Sym!

Fica o link:

 http://www.thesun.co.uk/sol/homepage/motors/biker/2695417/Mega-Mio-scooter-shocker.html

(clicar no link para aceder ao site)


Sym Mio - Para quem gosta de fazer alterações

Não sei se por cá são vendidas, mas em Inglaterra, estas capas para os assentos das pequenas Sym Mio, são vendidas como opcionais pelos stands que comercializam as Sym. Para quem gosta...



(clicar nas imagens para aumentar)

Andrea Bocelli e os Marretas cantam Jingle Bells

Espectacular e muito divertida versão da canção de Natal "Jinge Bells", interpretada por Andrea Bocelli e os Marretas.




                                       

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Teste - TGB X-Motion 125


Um excelente opção para quem procura uma Scooter 125.
Já a vi ao vivo e é muito bonita, com acabamentos muito bons e detalhes que podem fazer a diferença na hora da compra.
Dupla ponteira de escape, jantes pintadas de preto, painel de intrumentos digital e o guiador com aquela aplicação em plástico cinzento a imitar metal, dão-lhe uma desportividade muito interessante.
A condizer com o aspecto temos o seu motor, o já conhecido monocilindro de 124 cc, com 12,4 cv produzido pela Sym e que equipa as Sym GTS 125 e GTS 125 Evo. Este propulsor apesar da pouca cilindrada, é rápido e recupera muito bem, fazendo esquecer o peso da scooter. Quanto à velocidade máxima, aqui não existem milagres e o seu melhor registo será na casa dos 110/115 km/h.
As jantes são de 14 polegadas na roda da frente e 13 polegadas na roda traseira e na enorme "bagageira" debaixo do assento, cabem dois capacetes integrais,

A TGB X-Motion também existe equipada com o motor de 250 cc, estando previsto para 2010 uma versão equipada com um motor de 300 cc também fabricado pela Sym.



Caracteristicas Técnicas:

- Cilindrada: 124,6 cv

- Potência: 12,2 cv ás 8750 rpm

- Sistema de transmissão: C.V.T.  - Automático

- Pneus Frente/Atrás: 120/70 14/ 140/60 13

- Depósito de combustível: 11 Litros

- Peso: 174 kg






(Clicar nas imagens para aumentar)


PREPOTENTE - A PALAVRA DO DIA

Por vezes encontramos no nosso caminho pessoas às quais devido ao seu comportamento, não sabemos classificá-las devidamente. Eis aqui uma palavra que tem sido dita (mesmo que na maioria das vezes em surdina, provavelmente com medo das consequências) muitas vezes nestes últimos dias. Para os que não sabiam o seu significado, aqui fica o que retirei de alguns dicionários!


O que significa a palavra prepotente?

Priberam -

1. Poder superior.
2. Abuso do poder ou da autoridade; acto despótico.

Porto Editora -

1. o que abusa da autoridade
2. o que abusa do poder

Texto Editora

1. O que abusa do poder
2. Despótico

Pista de Lingotto da Fiat

Apreciem esta obra prima: a pista de testes da Fiat construída em 1916 no telhado da fábrica de Lingotto, em Itália.

Passado & presente -




O que não é dito no video de cima é que ainda hoje a pista é usada para apresentações de modelos novos, tal como o Porsche 911 Turbo.

(Um Porsche na Fiat? Sacrilégioooooo!!!!!)

Motonacional


                                http://www.motonacional.blogspot.com/

Excelente blogue, sobre motos e restauros de motos nacionais. Para quem gosta, para quem se lembra e também para os mais novos darem uma espreitadela e saberem como eram as motos no tempo dos vossos pais e avós.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Tiger Woods

As brincadeiras sobre a "novela" Tiger Woods, já começaram. A seguir às anedotas temos este jogo.

Divirtam-se:

http://www.break.com/games/tiger-woods-wife-outrun.html

Algumas bocas sobre o Tiger Woods:

- Apesar das transgressões recentes, Tiger Woods nunca mentiu à mulher: sempre que ela perguntava onde ia, ele respondia «dar uma tacada».

- Tiger Woods dá sempre 110 por cento dele: 100 por cento à mulher, os 10 que sobram são para as amantes.

- Tiger Woods descobriu que há quem seja mais forte do que ele com um taco de golfe na mão: a sua mulher.

- Sete mulheres surgiram a dizer que já jogaram com o taco de Tiger Woods. Mais onze e ele tem o seu próprio campo de 18 buracos.

2010 - Mais Novidades

 Apesar da anulação do Salão de Paris por causa da malfadada crise, os contrutores de motos aproveitaram os Salões de Tóquio e Milão, para apresentarem os seus novos modelos, dando especial atenção aos modelos de baixa cilindrada.
Ficam aqui mais algumas novidades que poderemos ver nos stands, já a partir do principio do próximo ano.                                   
                                        Piaggio Liberty Elle

A Pequena Liberty recebe um toque feminino piscando o olho às senhoras. Com uma extensa lista de opcionais (Top-case, vidro, capacetes, etc) e duas motorizações à escolha (50 cc e 125 cc),poderá ser uma óptima escolha para o público feminino.                 

 

Piaggio MP3 300 LT

Nova motorização para este modelo de sucesso da marca italiana, com 22, 5 cv às 7500 rpm e que irá substituir o motor de 250 cc.

                                               Gilera GP 800

A scooter de série mais rápida do mundo rejuvenesce em 2010. Com a cor da moda e algumas pequenas modificações estéticas assim como técnicas (maior angulo de viragem da direcção, nova abertura do assento, etc), continuará por certo a arrasar. É sem dúvida uma scooter muito especial.

Aprilia Atlantic 300

Aproveitando a inclusão do novo motor de 300 cc, a Aprilia aproveitou para fazer algumas modificações na Atlantic. O novo assento (com maior diferença de altura entre condutor e passageiro), um ecran de dimensões diferentes e o painel de instrumentos renovado, são as modificações mais visíveis no modelo de 2010. No entanto existe também uma novidade muito especial. Esta scooter vai receber um novo tratamento nas superficies dos plásticos, tornando a pintura mais brilhante e mais resistente aos pequenos riscos.


Kymco Like 200

A pequena scooter da Kymco recebe agora um motor de 200 cc, refrigerado a ar, mas já equipado com um moderno sistema de injecção electrónica, um excelente argumento na luta contra a Piaggio Fly, Sym Fidlle e a Daelim Besbi, suas rivais directas.


Kymco People GT 300i

Entrando em confronto directo com as "rodas altas" da Sym (Citycom), Honda (Scoopy) e Yamaha (X-Max), a People vem agora equipada com um motor de 300 cc.

TGB X-Motion 300

Também a TGB, fez um "upgrade" ao seu modelo X-Motion, montando agora um motor 300 (264 cc).  Este motor, tal como o 250, é fornecido pela Sym onde equipa as bem sucedidas CityCom 300i e a GTS 300i.



(clicar nas imagens para aumentar)


terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Publicidade Viagra







Publicidade Mastercard



Conhecem a Victory?

Então preparem-se pois segundo as ultímas notícias vamos tê-las em Portugal a partir do próximo ano.

Vale a pena perder uns minutos a ver este video e depois fazer uma visita ao site da Victory Motorcicles, marca do Grupo Polaris.

Cuidado Harley as Victory estão a chegar!




Site da Victory Motorcycles: http://www.polarisindustries.com/en-us/Victory-Motorcycles/Pages/Home.aspx

(clicar no link para ver o site)

Honda CB 750 Four

Para mim esta é e será sempre a rainha das motos. Apesar de terem passado muitos anos, continua a ser lindissima! Se tivesse muito guito de certeza que teria uma moto destas na garagem.

Deliciem-se com este teste:

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

ATENÇÃO

A partir de agora, qualquer comentário que não esteja devidamente identificado, será apagado. Se são cobardes, eu não sou! Sempre assumi o que escrevo! E como tal aqui assumem o que escrevem! Sejam homenzinhos e não cobardes! Têm algo a dizer digam, mas não escondidos no anonimato!

Veiga

Aviso importante sobre as correias de transmissão das scooters (Editado)


Hoje passei na Miguetec para pagar a revisão da Sym XS 125 e vi lá a GTS do Daniel (sepossivel). Pelo que fui informado, partiu a correia de transmissão. A moto está com 18 mil quilómetros e na revisão que fez à pouco tempo, verificaram a correia e ainda estava dentro dos limites (espessura, largura, tamanho e elasticidade) estabelecidos pelo fabricante. O certo é partiu!

O mesmo ia acontecendo ao amigo Rui (Pardal) na sua Yamaha X-Max 250 que deviam ter mudado a correia aos 21 mil mas como ainda estava boa, não mudaram! Por acaso tiveram de abrir a transmissão para resolver uma pequena avaria e verificou-se que a correia estava quase a partir e foi trocada.

Segundo fui informado na Miguetec a partir de agora irão sempre mudar as correias obrigatoriamente de 12 em 12 mil quilometros, tal como está preconizado no livro de manutenção. Assim evita-se problemmas! Ok, que doi sempre na carteira, mas se for mudada dentro dos prazos, se acontecer algum problema sempre se poderá reclamar.

Por isso mesmo que vos digam que a correia ainda está boa e ainda faz muitos quilometros, não facilitem, mudem!






domingo, 6 de dezembro de 2009

FIM DO FÓRUM MAXISCOOTERS DE PORTUGAL

Pois é...parece que acabou e de que maneira! Quase ninguém esperava, embora uns quantos membros activos do fórum já desconfiassem que algo ia acontecer, mais tarde ou mais cedo!

Fiquei sem palavras quando acedi do fórum e estava lá um texto escrito pelo fundador e DONO do fórum a explicar as suas razões sobre o encerramento do fórum.

Li e reli o que ele escreveu e, acho-me em pleno direito de comentar.

Sendo assim cá vai:

Só pelo simples facto de ter esperado pelo dia de hoje, 6 de Dezembro de 2009, dia de mais uma Almoço de Natal do Fórum Maxiscooters de Portugal, demonstra uma total FALTA DE RESPEITO, por todos os membros do fórum. Saber que iam estar reunidos quase uma centena de membros do Fórum, num almoço, que se pretendia ser de salutar convívio e aproveitar o momento para, nas coostas de todos,  fechar o Fórum? O que dizer desta atitude?
O que pensarão esses membros e todos os outros, desta atitude?

Bom, mas adiante que estou aqui é para falar de mim e do meu relacionamento com o fórum, com os seus administradores e os membros.

Antes de mais deixem-me esclarecer uma coisa:

Detesto hipocrisias! Sou acima de tudo pela verdade, doa a quem doer! Sempre segui estes valores na minha vida e não me tenho dado mal. O que tenho a dizer digo, doa ou não doa, digo!! Não escondo o que sinto por A, ou B, se gosto gosto, se não gosto, não gosto!

Ora bem a determinada altura do texto escrito pelo DONO do fórum eis que começa a referir-se a mim (mas de forma cobarde, pois não teve tomates para referir o meu nickname!!!!), como sendo o principal culpado do encerramento do Fórum!
Ah pois é! Agora o Veiga é o culpado do Fórum ter fechado.

Ok, compreendo, precisava de um bode espiatório e eu estava ali mesmo a jeito! O gajo que não se calava, quando tinha razão, o gajo que não fazia vénias a nenhum dos administradores, o gajo que sempre disse o que pensava fosse em que assunto fosse, o gajo que nunca se rebaixou e nunca foi ao beija-mão, tão necessário para o ego de um dos administradores, era o culpado!
Quer então dizer, que o fórum com centenas e centenas de membros fecha por causa de um? Desculpem lá, mas apesar da situação não ser agradável, tenho vontade de rir.

Entrei no fórum algures em Agosto de 2008, quando adquiri a Sym GTS 250. Fui muito bem recebido no Fórum, mas quando fui ao primeiro evento (uma caracolada, ali em Almada) senti da parte de 3 ou 4 membros (não cito nicks nem por medo nem por cobardia, pois eles sabem quem são e ao fazê-lo era dar atenção a quem não merece!) um certo ar de gozo em relação à minha presença, mas como era lógico, caguei literalmente no assunto.

Entretanto, um dos administradores (o tal!) elogiou-me pessoalmente no almoço de Natal, porque segundo palavras dele e passo a citar "muito se ria ele com os meus comentários e que devido aos mesmos eu tinha dado uma nova dinamica ao fórum". Isto teria sido tudo muito bonito se eu não tivesse recebido um email, logo seguido de outro, desse mesmo administrador a dizer que ali era ele quem mandava que aquilo lhe dava muito trabalho (exactamente o contrário do que o DONO do Fórum escreveu, ao dizer que nunca se queixaram, pois quem leu aquilo sabe que o administrador em questão era uso e vezeiro nesses comentários, fosse nos tais e-mails, fosse nos eventos, vitimizando-se pelo trabalho que tinha no fórum!).
O que se passou foi que alguns membros foram fazer queixinhas aos administradores (sim é verdade, alguns dos que pela frente fazem elogios ao Veiga e por trás apunhalam, revelando comportamento de autenticas alcoviteiras traiçoeiras!) e lá veio ele com as ameaças! Então como é? Umas semanas antes elogia e depois ameaça? Desculpem lá mas não papo disto! Fiz o que tinha a fazer, que era dar a conhecer a todos os membros do Fórum o que se passava nos bastidores! E assim fiz! Coloquei no fórum a Mensagem Privada que o administrador em questão me tinha enviado. E arrebentou a bomba, claro!
Fui expulso do Fórum! Se pensavam que isso me afectava, não afectou a não ser pelo facto de que tinha feito algumas amizades (que se vieram a solidificar com o passar do tempo). De resto, apenas posso dizer que ando de moto desde os meus 14 anos, sempre tive motos, trabalhei na Honda Motor de Portugal, fui convidado a fazer testes a motos e carros (testes que irei colocar aqui no blogue), sempre andei de moto e não era por não pertencer ao Fórum que a minha vida motociclistica ia acabar.
Entretanto alguns companheiros do fórum convenceram-me a voltar a entrar no Fórum e lá voltei, com outro nick e se primeiro andava incógnito, lá acabei por me revelar, apesar da azia do tal administrador. Fui convidado por eles a voltar? Não, não fui! O certo é que apesar de andar com outro nick a certa altura fiz o pedido aos administradores para recuperar o meu nick habitual (Veiga) e não é que me foi dado o nick? Então? Como é que ficamos? Não sou bem vindo mas deixam-me recuperar o antigo nick? Um paradoxo!
Com esta minha 2ª entrada no Fórum resolvi por vontade própria e não porque fosse obrigado, a não ser tão activo em determinados assuntos principalmente quando fossem levantados ou colocados por certos e determinados membros, os tais! No entanto também sabia que o tal administrador iria estar em cima de mim, aliás isso viu-se com o constante apagar das minhas msgs, fosse que conteudo fosse, enquanto outras msgs colocadas por membros, digamos "amigos" não eram apagadas, apesar de por vezes serem bastante ofensivas e em nada contribuirem para o bom ambiente do fórum! Aliás em relação a isto, algo se passou recentemente, pois um membro e agora administrador, continuou a "picar" no velho tema "chinocas versus italianas", talvez na esperança que alguém ou eu respondesse, mas coitado, não teve sorte nenhuma!

Entretanto surgiu a abençoada lei das 125 e quase que foi uma benção para o fórum o aparecimento de tanta malta nova. Como para mim, quando se gosta de moto, tanto se tem prazer a andar de 50 como de 1000, fui uma das pessoas mais activas em relação à malta das 125, tentando ajudar em tudo o que pudesse, pois muitos deles não tinha experiência nenhuma sobre motos e afinal de contas todos nós já passámos por isso e daí nada como dar uma ajuda, nem que fosse aconselhando, e foi isso que fiz.
Nunca levantei polémicas , pois andava entretido com a malta nova.

Antes de prosseguir e também ao ler o que o DONO do fórum escrevi lembrei-me de algo que tinha reparado, quando o pessoal das 125 começou a chegar ao fórum: um afastamento de alguns membros que, quiçá, do alto das suas potentes scooters, olhavam de lado para as pessoas que agora entravam, até quase numa atitude de desdém para com eles que agora começavam a sua vida motociclistica.
Lá está, já se esqueceram... enfim! Ora bem, como se chama o Fórum? Pois nada ali diz que só as scooters mais potentes são maxis e que só elas podem participar no fórum e nos eventos, certo? Se assim fosse por que não chamá-lo "Fórum Maxiscooter de Portugal acima de 250 cc"? ou 400cc?
O tema Maxiscooters foi muito discutido no fórum e chegou-se à conclusão que as scooters a partir de 125 cc eram consideradas maxi-scooters e como tal poderiam e deviam participar no fórum....

Já agora, o que têm de mal os eventos? Esta parte não percebi, quando refere que algumas pessoas só ali vão por causa dos eventos? E qual o mal? Isso é mau? Muito sinceramente, mais um tiro no seu próprio pé!

Ora bem, andava eu entretido com as 125 e eis que sou expulso de novo pelo administrador do costume. E qual a razão? Eu explico:
A certa altura apareceu alguém que fazendo-se passar por um futuro comprador de uma 125 começou a publicitar de forma exaustiva um determinado stand de motos. Tal facto foi comentado por alguns membros e eu apenas fiz o seguinte: peguei no telefone e telefonei para o stand em questão. Não me identifiquei, não disse quem era nem ao que ia, apenas perguntei à pessoa que tinha atendido se podia chamar o fulano de nome tal, ao que ele respondeu que era o próprio. Pronto, estava desvendado o mistério. Reparem, não estou contra o facto de alguém de um stand ou oficina vir fazer publicidade ao fórum, até acho que isso deveria acontecer da parte de todos os stands, darem-se a conhcer, mostrarem o que vendem e o que fazem. Só que tal como eu muitos também pensaram que o fulano deveria ter-se apresentado e depois apresentar o seu stand. Por certo teria ganho mais com isso!
Lá vai o comentário para o fórum a contar o que tinha acontecido e eis que... recebo mais uma Mensagem Privada do administrador do costume a dizer que ia ser banido porque tinha passado por cima da administração do Forum? Passei? em quê? Revelei quem era? Disse de onde era? Falei no fórum? E já agora, devido ao que se estava a passar, porque não fizeram o que lhes competia que era terem feito o que eu fiz?

E pronto tento entrar no Fórum e lá estava a celebre msg:

"Veiga foi banido por ter faltado ao respeito à administração"

Claro que me fartei de rir, só podia.

Mas logo a seguir o que acontece?? O Fórum desapareceu!!!! Pluf!
Sobre este assunto tenho a minha própria opinião, pois acho que alguém fez asneira da grossa, mas como é apenas uma opinião sem provas, não interessa especular sobre o que já lá vai!

Entretanto, fez-se o novo fórum (aqui sou obrigado a dar os parabéns a quem tão rapidamente e de forma fantástica conseguiu colocar o fórum de pé! Imagino a trabalheira!) e claro registei-me de novo, com outro nick mas abstive-me de fazer qualquer comentário, fosse sobre que assunto fosse. Apenas vou lendo o que por ali se passa, sossegadinho aqui no meu cantinho.

E agora o Fórum acabou.

Sim acabou e o seu DONO está em pleno direito de o fazer o que fez, mas não desta forma. Não respeitou os membros, não respeitou alguns membros (moderadores) que também eles perdiam muito do seu tempo ali (sim não eram só os administradores que perdiam tempo!!!!)

Agora levando o caso para o meu lado e em relação ao dono do fórum, e já que ele me dedicou várias palavras a meu respeito também eu e aqui no meu blogue me acho no direito de lhe dedicar algumas.

- Quando rebentou a bomba (a colocação da Mensagem Privada no fórum) enviei vários emails tanto ao outro administrador (não, não é o da Mensagem Privada) como ao DONO do fórum, tentando esclarecer de forma imediata o que tinha acontecido, tentando acabar com a polémica. Se da parte do outro administrador, recebi respostas, sempre com uma postura muito correcta, da parte do DONO nunca recebi resposta alguma. Simplesmente cagou no caso.

Quando após o "crash" o Fórum voltou, eu numa tentativa de acabar de vez com as polémicas, numa tentativa de acabar com as guerrinhas de merda, enviei um email ao DONO do fórum e aos dois administradores, email esse que mais tarde alguns companheiros puderam ler, onde nele escrevi de forma clara que deveriamos acabar com as confusões e claro lá veio a resposta do administrador do costume, com a prepotência habitual, mensagem que reenviei para alguns membros para que pudessem verificar que da minha parte tinha feito tudo para terminar com aquele filme. Entretanto soube pelo tal administrador (sim, o mesmo de sempre!) que, pelo menos um dos membros a quem eu tinha enviado esse email foi logo contar-lhe o que se passava. Bom, o que dizer dessa/s pessoazinha/s? As atitudes ficam para quem as toma, certo? Nem mais...

Sim, continuei a ir aos eventos! Porquê? É proibido? Aliás regressei aos eventos porque recebi imensas (sim imensas!!!) msgs, emails e telefonemas a convidarem-me a ir aos eventos, conforme se iam realizando e claro que compareci e não me arrependo! Fiz grandes amizades que espero manter e sempre que surgirem encontros e for convidado lá estarei!

Agora e já para terminar que esta merda já vai bem longa e tenho mais que fazer:

O Dono do fórum a dada altura do seu texto refere-se a mim, sim a mim, pois acho que todos perceberam que era de mim que escrevia e passo a citar "Infelizmente existem pessoas que adoram estes episódios, talvez para colmatar o facto das suas vidas terem pouco interesse."


Agora pergunto eu:


Este senhor conhece-me de algum lado? Andou comigo na escola? Mora na minha rua? Já se sentou à minha mesa alguma vez para tecer tais comentários? Alguma vez comentei alguma coisa sobre a sua vida?


POIS....ACHO QUE ESTÁ TUDO DITO!

Agora em relação a este assunto, abstenham-se os comentários anónimos que prevejo venham a aparecer, ou se identificam, como faço perante todos, ou as suas mensagens serão apagadas. Não, não é cobardia da minha parte, é sim, cobardia da parte de quem escreve e não tem tomates para assumir!

Veiga

hehehehehe



Ainda dizem que o capacete não protege! lol

Quando o "cover" é melhor que o original

O original....



E o cover...



Os Village People tinham deixado de cantar esta música nos concertos por acharem que era uma música "fraquinha", até que apareceram os Pet Shop Boys com esta versão e venderam milhões! Os fans dos Village People começaram a pedir esta música e lá tiveram eles de a incluir outra vez nos espectáculos.

YMCA - Versão coreana e o original



(Acho que foi aqui que o Toy foi buscar a inspiração...)



Qual preferem? Eu cá prefiro a versão coreana! lolol

Vai lá vai!!!!!!

Que pancada! Então e a segurança? Estes americanos são doidos!!!!

Versão japonesa do acidente de Tiger Woods

sábado, 5 de dezembro de 2009

Almoço e Botas

Que titulo mais esquisito, mas foi o que me veio à cabeça.

Para começar fiquei triste, pois por motivos profissionais tive de comparecer a este almoço não com a minha adorada GTS, mas sim com a carrinha da empresa. Que inveja! Vê-los de moto e eu de "carroça"! Mas ok, foi a única coisa menos positiva neste encontro de amigos.
Amigos sim, porque estes encontros já ultrapassaram a fase de ser um grupo de pessoas que se encontravam porque tinham em comum o facto de gostarem e terem scooters. É sempre bom voltar a encontrar esta malta, pelo menos a mim faz-me muito bem. Sim, porque apesar de cada um de nós ter a sua vida, a sua profissão e a sua familia, o certo e o que é mais importante, é a excelente camaradagem e óptimo ambiente que existe. É disto que gosto. Estes encontros aos fins-de-semana são para mim um autentico bálsamo de revitalização, senão para o físico (para o fisico? dasssssssssssssss! Tenho a impressão que em cada encontro engordo 5 quilos!!), pelos menos para alma.

Agora vamos ao que interessa:

Apesar de ter trabalhado na parte da manhã e por isso não ter ido buscar a GTS com medo de chegar atrasado, fui o primeiro a chegar ao Sabor Mineiro, ali para os lados da Charneca da Caparica.
Entretanto, fui lá dentro perguntar se havia alguma mesa reservada em nome de algum dos companheiros e nicles! Não havia mesa reservada! Nisto fui informado que existia outro "Sabor Mineiro" em Belverde!

- Aí o caraças! Será que estou no restaurante errado?????????

Naaaaaa...! Eis que olho cá para fora e vejo a caravana a chegar! Ok, tudo certo! Vamos então à maminha ( não dessas, das outras!) , picanha, cozido à portuguesa, suchi, saladas, etc, etc...

                  Olha para eles todos felizes, já de barriguinha cheia!

Ainda tivemos a honra da visita do companheiro Barcas, que apesar de estar cheio de pressa devido a afazeres domésticos, sempre arranjou uns minutinhos para nos visitar.

Barriguinha cheia, de muita comida e boa disposição e lá vai a caravana até Sesimbra ao Stand Botas, pois o Miguel ia fazer a revisão dos mil quilometros à sua Sym GTS.

A caminho de Sesimbra
Chegada ao Stand Botas em Sesimbra

                                 O que a malta quer é motas!!!

Não conhecia as novas instalações do Botas e o que vos posso dizer é que fiquei muito impressionado com o que vi! Aliás, pelos stands que conheço, este é sem dúvida o mais espectacular! É incrível a quantidade de motos que estão em exposição! Um mar de motos, Suzuki, Yamaha e Sym!

                             Tantas Motoooooooooooooooosssssssss!

                   A sonhar com 20.750 € de moto (Yamaha V-Max)

Depois visitamos a excelente oficina. Muito bem organizada e pode-se assistir às revisões das nossas meninas. Mais um ponto a favor do Botas....mas ponto que retiro imediatamente, pois e segundo sempre me disseram, quando se retira o oleo do motor, deve-se sempre retirar também a vareta do óleo, para assim, existir um melhor escoamento do oleo velho, coisa que o mecânico não fez!
Gostei também de ver o mecânico a sair com a moto para um teste de estrada! Muito bem! É assim que todas as oficinas deveriam proceder. Só andando nas motos conseguem perceber se está tudo ok!
Resumindo, gostei muito do que vi e fiquei com vontade de experimentar! Quem sabe se uma das próximas revisões da minha GTS não será ali feita? Vamos ver...
Outra coisa muito importante é que trabalham aos Sábados todo o dia, algo a levar em conta, principalmente para quem que não têm tempo durante a semana, de levar a sua moto à oficina.
                                                                                                                                                                                                                                                                         
E pronto, a noite chegou e também a hora de regressar. Mais um dia bem passado na companhia de Amigos.

Gostei muito! Venham mais!

(clicar nas imagens para aumentar)

(desculpem a má qualidade das imagens mas...foram tiradas com o telélé!)

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Passado e presente Olivia Ruiz et Christophe - Les Marionettes

Olivia Ruiz et Christophe - Les Marionettes

Espectacular versão do velho exito "Les Marionettes", do Christophe.

A prova de que a música não tem idade é mais uma vez mostrada nesta espectacular versão cantada em duo pelo eterno Christophe e pela nova coqueluche da musica francesa, Olivia Ruiz.

Esta menina foi a vencedora de uma das edições do concurso Idolos (versão francesa) e é actualmente quem mais vende discos em França.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Novo Virus da Gripe A

Cuidado amigos, muito cuidado, o Virus da malvada Gripe A evoluiu e agora também ataca os olhos!!!

As fotos falam por si:





Clicar nas imagens para rir..ops...aumentar! lol)