segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Sym GTS 125 Evo



Como a minha Valentina (GTS 300i) foi para a revisão, este fim-de-semana andei com a Sym GTS 125 Evo, cedida gentilmente pela J.C.G. Motos*.



Comparando-a com a minha GTS 300i reparei no seguinte.

Como é lógico, a diferença de andamento nota-se...muito! A minha GTS tem quase o dobro da potência e por isso não se pode comparar. Em relação ao resto posso dizer que o pequeno motor  125 tem um comportamento muito bom, tendo em conta o peso da moto. Vibra menos que a GTS 300 e também é mais silenciosa. Rodando entre os 80/90 km/h mal se houve o ronronar do pequeno propulsor. Se a arrancar nota-se uma ligeira inércia derivada do peso elevado, assim que se começa a rodar, rapidamente se aumenta a velocidade, salientando a passagem das médias para as altas rotações, onde este propulsor se sente particularmente.



Outra coisa que notei foi em relação aos pneus com que ambas as scooters, 125 e 300) vêm equipadas, os Maxxis. Se são perfeitamente adequados ás prestações debitadas pelo motor de 125 cc, na 300 não sinto tanta confiança, tanto a curvar como principalmente, quando circulamos em piso molhado e voltamos a acelerar após uma curva.
Por diversas vezes senti o pneu de trás a derrapar, mesmo acelerando pouco. Sem dúvida que a GTS 300i evo com outros pneumáticos terá um comportamento muito superior.




Quanto à GTS 125 Evo, penso que é sem dúvida a scooter ideal, para quem se inicia agora neste mundo fantástico, o das motos.

(clicar nas imagens para aumentar)


*Um agradecimento muito especial ao José Carlos, proprietário da J.C.G. Motos que me confiou a GTS 125 Evo e ofereceu os muitos porta-chaves que distribui pelos companheiros do passeio deste domingo.


250 comentários:

  1. Xi... eu não tive direito a porta-chaves... Mas não faz mal, o test ride na GTS valeu a pena

    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  2. Pois não! Fiz a entrega dos porta-chaves quando foste meter gasolina na Vespa. Vou ver se arranjo um, não quero que te falte nada, lolol!

    ResponderEliminar
  3. ola estou interessado em comprar um sym gts evo 125 pois não tenho carta de moto so de ligeiros.A minha pergunta e se acha que o comportamento da moto sera tao bom com dois passageiros e qual e a velocidade maxima desta moto? Muito obrigado pela disponibilidade.


    Bruno Fernandes

    ResponderEliminar
  4. Caro Bruno a Sym GTS 125 Evo é uma excelente moto, levando em conta as óbvias limitações da cilindrada.

    No entanto posso dizer-te que dentro das 125 é uma das melhores rivalizando até com a S-Wing da Honda que custa quase o dobro. Aliás isto mesmo foi escrito na revista Motojornal, quando a testaram. O seu motor surpreende pela forma como consegue manter a velocidade em torno dos 100/110 mesmo com dois. Na Sym da JCG Motos posso dizer-te que dei 120 com ela e foi durante só um bocadinho, pois a moto estava em rodagem e não quis esforçar a mecanica.

    Se queres saber mais sobre a Sym GTS 125 evo visita o Clube Português de Maxiscooters, do qual sou membro.

    http://clubeportuguesmaxiscooters.zxq.net/

    Aqui encontrarás toda a informação que precisas.

    ResponderEliminar
  5. obrigado pelo conselho abraço



    Bruno Fernandes

    ResponderEliminar
  6. Ola eu comprei ontem uma sym gts evo 125 e gostava de saber se nao existem acessorios para a mota.Como por exemplo escapes.Obrigado

    ResponderEliminar
  7. Apesar de não dizeres quem és, vou responder.

    Segundo sei os acessórios que a Sym propõe para as GTS são:

    - Vidro mais alto

    - Suporte para top-case

    Quanto a escapes se procurares na net decerto encontrarás alguma marca que fabrica escapes ou ponteiras para as Sym GTS.

    No entanto deixa-me alertar-te para duas situações:

    - Se a moto for nova e se ainda estiver na garantia, ao alterares seja o que for (escape incluido) perdes de imediato a garantia. Depois de alguma coisa falhar na tua Sym, a marca não assume! É um risco muito elevado para se correr, principalmente quando temos uma garantia de 2 anos que nos pode salvar de alguma falha que ocorra com a moto. É sem dúvida uma segurança extra da qual não devemos abdicar.

    Por outro lado se pensas que ao pôr outro escape a moto vai andar mais ou ficar mais rápida a desenvolver, olha que são mais os casos onde acontece precisamente o contrário. Ficam sim é a fazer mais barulho, dando a sensação que estão a andar mais! E claro, par ajá não falar no consumo que aumenta e muito!
    Quando se troca um escape, o motor, neste caso ainda com carburador, deve ser devidamente afinado para funcionar com o escape novo. Como isso normalmente não acontece... mais tarde ou mais cedo arrependem-se, voltam a põr o original e dizem adeus aos euros que gastaram inutilmente.
    Ter a moto devidamente cuidada, com a srevisões em dia é muito mais importante do que ter um escape todo xpto que depois não tira o devido rendimento do motor.

    Na minha opinião, deixava estar como está...

    ResponderEliminar
  8. Comprei a GTS 125 na JCG E ATÉ agora só tenho a dizer bem desta mota que têm uma relação preço qualidade fenomenal , adoro a minha maxi..

    JOSÉ COSTA CABRIZ

    ResponderEliminar
  9. Olá! já tinha visitado o seu blog algumas vezes e antes demais gostaria de lhe dar os meus sinceros parabéns! Não porque gosta de scooter's, não porque gosta da sua Sym gts, mas porque realmente me parece que dedica com amor, algum do seu tempo a este blog ... e até consegue ter pachorra... para responder de forma educada aos "empresários e donos de empresas", que falam mal da nossa menina!
    As suas "dicas", a mim foram preciosas, e lá me decidi! Depois de 15 anos sem mota, a malta vem estudar para Lisboa, os anos passam...ainda comprei um descapotável na tentativa de sentir algo parecido, mas não é o mesmo!!! Agora já "velha" ... resolvi voltar a andar de 2 rodas! e desde sábado que tenho a minha SYM GTS 125!!!
    Hoje fez a Ponte Vasco da Gama na boa, de manhã... e à tarde!!! E lá ía eu... a tentar não passar dos 80Km/h... é um sofrimento! Mais ainda porque o capacete faz um barulho imenso! ... Amanhã levo o IPOD!
    Pergunto... como devo fazer a rodagem da moça da melhor forma? ...
    Um abraço!

    ResponderEliminar
  10. Antes de mais, deixa-me agradecer-te os elogios, mas, como diz o povinho, "quem corre por gosto não se cansa"!

    Agora é a parte em que te dou os parabéns pela compra da GTS 125 Evo, pois é uma excelente scooter, uma das melhores da classe e sem dúvida aquela que tem a melhor relação preço/qualidade.

    Em relação à rodagem da tua "menina", nada como ires com calma nos primeiros quilómetros! É sempre uma grande seca fazer a rodagem, principalmente nos primeiros quilómetros. No entanto devemos pensar que o que sofremos nos primeiros mil quilómetro depois somos bem recompensados por tudo aquilo que ela nos vai dar! Por isso aconselho sempre que nos primeiros 100/200 quilómetros de ande mesmo nas calminhas e depois progressivamente se vá aumentando o regime de rotação/velocidade. Depois dos 500 km de vez em quando convém ir dando um esticãozito para ir soltando. Ao fazermos uma rodagem como deve ser apenas estamos a contribuir para que fiquemos com um motor com um óptimo funcionamento, que não gaste óleo e que acima de tudo nos vai garantir muitos e muitos quilómetros sem chatices.

    ResponderEliminar
  11. Obrigada pelas dicas!!!
    Tenho andado entre os 60-75Km/h em estrada, e na cidade tento não fazer acelerações muito acentuadas. Também ouvi dizer que não é muito aconselhável fazer a rodagem em estrada, porque não há grande variação de velocidade/rotações. O que me diz em relação a isso?
    A minha menina fez ontem 100Km, por isso ainda estou a tempo de aprender como fazer a rodagem da melhor maneira.

    ResponderEliminar
  12. Estás a fazer como deve ser! No entanto aconselho-te a ires gradualmente aumentando o regime de rotações com o passar dos quilómetros e depois dos 500, começares a dar uns puxões, para evitar que o motor fique muito preso.

    Quanto a não ser aconselhável fazer a rodagem em estrada é certo e não é! Claro que não vais fazer 1000 km a rodar só em estrada, mas que também podes e deves fazer estrada, claro que podes. Aliás aconselho a fazer estrada depois dos 500 km! Se leste este blogue desde o ínicio de certeza que leste a forma como fiz a rodagem da minha GTS em dois dias! lol.
    De resto tu mesmo vais notar o motor a ficar mais solto e a "pedir" mais rotação!

    ResponderEliminar
  13. olá bom dia.Finalmente ontem fui buscar a minha GTS 125. Acompanhei este blog desde que pensei em comprar mota. Pois eu sou um daqueles maçaricos q sempre andaram de carro, mas desejosos e ansiosos q saisse esta bela lei das 125. E aí vou eu em busca duma 125 nao muito complicada e que n gastasse muito dinheiro. Depois de várias pesquisas e de muita consulta a este blog (ajuda fenomenal) o q agradeço a todos desde já os esclarecimentos e as duvidas demonstradas e claro ao Amigo Veiga (penso eu) q é o mais esclarecido de todos. Desde já obrigado. Decidi me arriscar na GTS 125,como disse ontem fui busca la e vim logo pô la em casa, pois os nervos e os receios de andar no meio do transito era muito. Lol.
    E hoje, feriado, pouco transito ou nenhum, lá vou eu atestá la ás 9h da manha. Meus Amigos..... UM ESPECTACULO...Q MARAVILHA...
    Adorei os meus cerca de 20 Km q fiz. aproveitei e dei mais umas curvas, claro.
    Companheiros obrigado p os esclarecimentos.
    E já agora pergunto.
    Para quando se faz uma almoçarada da malta das Sym's???
    Abraços.
    J.Silva.
    Oeiras

    ResponderEliminar
  14. Boas J Silva

    Mais uma GTS a rolar! É impressionante a quantidade de GTS que agora se vêm todos os dias a rolar. Lembro-me quando comprei a minha GTS 250 a estranheza que causava. Muitos vinham fazer perguntas sobre a scooter e quando lhe dizia que era "made in Taiwan" torciam logo o nariz! Provavelmente alguns desses hoje andam de Sym, lol!

    Como a prática ainda é pouca o que fizeste é o correcto. Andar com calma, para lhe ires tomando "o peso" e habituares-te a circular de moto, onde habitualmente circulavas de moto.

    Mas nunca te esqueças que normalmente os acidentes acontecem quando já nos sentimos mais à vontade e começamos a pensar que até é bem fácil (e é!) andar de moto. É nesta fase onde normalmente a tendência é baixar as defesas que as quedas acontecem! Por isso, sempre muito cuidado na estrada e sempre condução defensiva!

    Quanto aos amigos Symianos, vai ao http://clubeportuguesmaxiscooters.org, faz o teu registo (é grátis) e disfruta. Somo um grupo de pessoas que adoramos scooters, galhofa, comer bem, e dar umas belas passeatas de scooter! Aparece, vais ver que ficas viciado, tal coomo todos nós ficámos!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  15. Clube Português de Maxiscooters

    http://clubeportuguesmaxiscooters.org

    ResponderEliminar
  16. tenho mota mas estou vendedor de uma varadero 2005 e de uma hornet de 2005 devido á crise em que temos de pagar selos que são mais caros que seguros e a gasolina está pela hora da morte. Então há que reduzir custos mas ficar sem mota é uma dor no coração e nesse caso estou a ver se arranjo uma motita para deslocar-me para o trabalho sei que vai ser um choque para aquilo que estava habituado.Mas ao ver as scoters SYM gostei do que vi e se calhar estou comprador de uma SYM pelo preço e pela economia e não abandono as duas rodas..

    ResponderEliminar
  17. Ola boa noite
    Quero dizer que estou realmente agradado com o que vi neste blog, fantástico estás realmente de parabéns.
    Quanto a mim espero ansiosamente por ir dia 19 ao stand buscar a minha SYM sympnhony 125s, apesar de não ser uma mota igual à que aqui referem, gostaria de saber se têem alguma impressão dela.
    Álem disso estou um pouco ansioso pois nunca andei de mota!!! Será que me vou habituar?
    Abraço e mais uma vez parabéns

    ResponderEliminar
  18. Antes de mais, obrigado pelos elogios. Faço este blogue com muito gosto e fico contente por ver que muitos gostam dele. Sendo assim, não sou só eu que estou de parabéns mas todos nós, os que de uma maneira ou de outra gostamos de motos e em particular de scooters.

    Quanto à Simphony é uma execelente moto. Só que devido ao motor mais fraquinho, está mais vocacionada para circular em cidade, onde as suas rodas altas, são uma grande vantagem quando se enfrentam as ruas esburacadas e linhas dos eléctricos das nossas urbes.
    Como vai ser a 1ª vez que andas de moto aconselho-te a não enfrentares logo a selva! Tenta primeiro dar umas voltinhas na zona onde moras, circular em sitios sem ou com pouco trânsito, para te habituares à Sym. Depois e com calma vais nela a´te ao emprego e voltas! Vais ver que daqui a nada te sentirás confiante a conduzi-la.

    ResponderEliminar
  19. Antes de mais, obrigado por me terem levado a escolher uma SYM GTS 125, como como a minha 1ª Mota, aos 40 anos de idade.
    Nunca tinha andado de Mota, nem de motorizada, apenas de bicicletas. Mas um dia passei por um stand e reparei nessas maravilhosas motas estéticamente; sinseramente para quem não percebe absolutamente nada de motas, até parece uma mota de mais cilindrada.
    Fui busca-la no passado dia 13 de Abril a Évora, e fiz logo 60 Km até casa, espectáculo, principalmente os ultimos 20 Km, que foram debaixo de Chuva. Desde aí, praticamente não pego no carro.
    Quero vos agradecer, pois baseado neste Blog, que após ter visto no stand, resolvi de imediato adquirir uma GTS125.

    Gostaria que me dessem uma sugestão... Estou a pensar em adquirir um TopCase. Qual o mais indeicado para esta mota ?

    Obrigado mais uma vez, e continuem; pois são blogs como estes que esclarecem muita gente, de grandes e pequenas duvidas.

    ResponderEliminar
  20. Olá Mário, é para isso que serve este blogue, A troca de experiencias serve precisamente para isso. Ajudar-nos uns aos outros, seja com problemas, sejam indecisões, etc, etc.

    Quanto à Top-Case, penso que tudo depende das tuas necessidades.
    Eu por exemplo, tenho na GTS uma Givi Simply de 42 Litros. Penso que este tamanho é o ideal, pois já é grande que baste para levar muita tralha, mesmo em viagem e quando se olha para a moto não se vê muita mala e pouca moto!
    Quanto ao suporte aconselho-te a comprares o da Sym, pois além de ser barato ( não chega aos 40 euros) esteticamente é mais discreto que o da Givi.

    Já agora conheces o Clube Português de Maxiscooters? Aparece por lá, é tudo malta hipersuper fixe!

    http://clubeportuguesmaxiscooters.org

    Um abraço

    ResponderEliminar
  21. Bom dia! Sendo um automobilista inveterado, sempre olhei para as motos como uma daquelas coisas que se desejam, mas que ficam para trás por outras prioridades... Devido a alterações na minha vida profissional, sou agora obrigado a viagens constantes entre Caxias, Carnaxide e Lisboa... Comecei portanto a adquirir uma dor de cabeça permanente entre transito, EMEL, e parques pagos... e comecei a olhar para as scooters com outros olhos... E hoje lá fui a um stand, onde deu de caras com uma Sym gts 125 evo... e apaixonei-me. Portanto, vão ter mais um bloguista por aqui...! Claro que vou querer todas as dicas possiveis e imaginárias, porque não ponho o rabo em duas rodas há uns bons 25 anos...!

    ResponderEliminar
  22. Bem vindo Paulo

    E espero que tenhas sorte com atua futura moto, seja ela a GTS ou outra que escolhas.

    Se andarmos com juizinho, ganhamos dias de vida a conduzir estas motos que dão pelo nome de scooter. Para já não falar no tempo que vais poupar assim como dinheiro e principalmente não vais andar tão stressado!

    Alguma dúvida apita, estamos cá para nos ajudarmos uns aos outros.

    Já agora visita o Clube Português de Maxiscooters:

    http://clubeportuguesmaxiscooters.org

    ResponderEliminar
  23. Olá Veiga. Comprei esta semana a SYM GTS EVO 125. Maravilha, estou encantado com ela.Agora aos 45 anos deu-me a travadinha e finalmente encontrei a moto que procurava. Obrigado pelas dicas que dás. O blogue está impecavel

    ResponderEliminar
  24. Boa tarde,
    Gostaria de saber os consumos da Sym 125 e qual o prazo de entrega.
    Muito obrigado pela atenção dispensada
    alberto

    ResponderEliminar
  25. Olá a todos. Estou a pensar em comprar uma scooter, ou melhor, maxiscooter de 125cc. É o modelo que mais me agrada visualmente e permite pequena arrumação, essencial para mim. Não tenho nenhum conhecimento de motas. Apenas a vontade de começar a deixar de passar tempo em filas (A2 diariamente). Como começar a procura e quais as melhores alternativas no mercado? Qual o valor necessário para adquirir uma que tenha boa relação preço/qualidade ? Não queria gastar mais de 2.500 €, mas não pude deixar de reparar que no blog elogiam tanto a SYM GTS EVO 125, será que compensa fazer mais um esforço e escolher esta ? Ou será que vão ser lançadas novidades e vale a pena esperar mais um tempo ? Sei que são muitas perguntas, mas se me puderem dar uma ajuda, ficava com algumas ideias para me decicir.
    Obrigado.
    Miguel

    ResponderEliminar
  26. Paulo, parabéns pela aquisição, vais ver que a tua qualidade de vida vai mudar...para melhor.

    Alberto, os consumos reais da GTS 125, pelo que me vão informando, andam na casa dos 3,5/3,6 L, isto à vontade, sem preocupações em economizar. O que se nota também, é que durante os primeiros quilómetros a tendència é para que gastem um pouco mais, pois os motores muitos justo a isso obrigam!

    No Clube Português de Maxiscooters existem muitas GTS 125 e pelas conversas vejo que os consumos andam todos na casa dos 3 litros.

    Claro que muito depende da forma como usa so acelerador.

    ResponderEliminar
  27. Não costumo responder a anónimos, mas cá vai!

    Penso que na maioria das vezes o que leva uma pessoa a comprar uma scooter, é a sua versatilidade.

    Agora em relação à Sym GTS 125 ser uma boa opção, claro que é! Se quiseres saber mais sobre esta e outras scooters, vai a http://clubeportuguesmaxiscooters.org, regista-te (é à borlix), entra e vais ver que encontras todo o tipo de informação sobre a GTS, seja ela positiva ou negativa.

    Em relação ao 2500 €, penso que o esforço suplementar vale a pena, no entanto a Honda vai lançar durante este mês a PCX 125, que promete vir a provocar estragos no mercado das 125.

    A Honda PCX 125, irá custar 2399,00 € ( não sei se a este valor acresce o custo da documentação) e vai ser apresentada oficialmente nos concessionários Honda, no fim-de-semana de 22/23 de Maio.

    Por isso nada como dar lá um saltinho, vê-las ao vivo e provavelmente, fazer um test-drive.

    ResponderEliminar
  28. Caro amigo Veiga.
    Muito obrigado pelas dicas.
    O facto de ir anónimo, era por desconhecimento na utilização destas ferramentas.
    Espero que agora deixe de ser.
    Este fds vou tentar dar uma vista de olhos na nova Honda e passar por outros stands para ver as outras possibilidades de escolha.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  29. Boas, sou o Armando novo seguidor deste blog.
    Moro na margem sul corroios e comprei esta semana uma sym gts 125 usada um bom negocio. Ontem andei os meus primeiro cerca de 20km... espetaculo, liberdade...
    Um abraço
    AM

    ResponderEliminar
  30. Olá a todos .
    Caro amigo Veiga neste momento também vou ser um comprador da minha linda menina SYM GTS 125 EVO e como disse um amigo depois dos 48 é ,que me deu para isto pois já tive motorizada há muito tempo e agora decidi voltar a andar de duas rodas pois de quatro torna-se muito caro passear, e como tenho o habito de me sentar e encher a mula e não fazer nada, daqui para a frente e sempre a acelerar.
    O teu blogue está espectacular e muito cuidado. E já agora será fácil adaptar-me há scooter pois nunca andei em nenhuma?
    Um abraço obrigado pelas dicas ,que aqui estão pois não tinha duvidas de que irei fazer uma boa compra mas ainda assim saí reforçado com esta visita ao teu blogue.

    ResponderEliminar
  31. Ola boa noite eu sou o Barradas mas podem me tratar por Quim-Zé e sou mais um daqueles que se vai juntar ao clube das scooters.
    Se tinha duvidas tirei-as todas neste blogue muito obrigado a todos .excelente blogue Veiga.
    Já agora assim que tiver imagens da minha fera eu vou postar aqui ate lá contento-me com as vossas!!!!!!!!
    Há moro em Lisboa no Bairro da Bogalheira.

    ResponderEliminar
  32. Armando:

    Bem vindo a este cantinho e felicidades com a tua nova GTS!

    Nubertal:

    Bem vindo e... o andar de moto e principalmente de scooter é sempre um prazer, independentemente da idade que se tem!!!

    Quim-Zé

    Mais um scootard, aparece no Clube, aliás, apareçam todos, são muito bem vindos! Quem entra rapidamente fica viciado e depois só quer é andar de scooter, lol!

    Agora para todos:

    Infelizmente e devido a alguns palhacinhos que teimosamente teimam em estragar este blogue, sou obrigado a fazer a moderação das vossas respostas, só que por vezes devido a falta de tempo, passam alguns dias desde a altura que escrevem e a altura em que o vosso comentário é aqui colocado. Por isso espero que não pensem que os vossos comentários foram apagados ou esquecidos. Só que devido à minha profissão nem sempre tenho tempo de aqui vir e depois acontecem estes atrasos assim como actualizações do blogue!

    Obrigado.

    ResponderEliminar
  33. Olá, parabens pelo blog,
    esta coisa das 125 está finalmete a crescer.. não há duvidas que é mais pratico e rapido..
    queria saber se alguem já tem alguma GTS125 com mais 60000km.. que problemas teve? com o excesso de uso..
    Estou a pensar comprar uma.. por se mais económica.. uma vez que a minha Varadero não faz menos de 6 litros/100km.
    acho que fazendo as contas, compensa a prestação mensal, pois faço cerca de 20000km por ano ;)

    ResponderEliminar
  34. Olá a todos.

    Chamo-me Bruno e estou a pensar comprar uma SYM GTS 125 pois só tenho carta de automóvel e gosto da mota. O que me leva a comprar uma mota é a necessidade de me deslocar para o trabalho. Agora a minha questão: Irei fazer cerca de 40 kms de manhã e à tarde a mesma distância (como é lógico)! A SYM GTS 125 é uma boa opçao para estes KMs?

    Desde já o meu obrigado.
    Abraços,
    Bruno

    ResponderEliminar
  35. Boa noite
    Chamo-me Nuno Casanova
    Gostava de comprar um Sym GTS 125 usada em bom estado. Se alguem souber onde agradeço que me diga.
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  36. OLA BOA TARDE AMIGOS DESCULPEM O ANONIMATO MAS NAO PERCEVO NADA DE COMPOTADORES ENCOMTREI ESTE SAIT TENNHO GTS 125 ESTOU MUITO COMTENTE COM ELA MAS HOJE ACONTECEU UMA COISA ACENDEU A LUZ DO OLEO ESTA TUDO EM ordem DISSE O MECANICO SERA O AVISO DA REVISAO DOS 3000 KM CARREGUEI NO OR E APAGOU OBRIGADO SE ME PUDEREM AJUDAR UM ABRAÇO

    ResponderEliminar
  37. Caro Armando, penso que ãinda não deve existir nenhuma GTS com 60 mil km, por serem recentes. No entanto tenho tentado encontrar um estafeta (quando o vejo vou sempre em sentido contrário e na A5, lol) que tem uma GTS mais antiga. Aliás, foi a primeira GTS que vi ao vivo e a cores. Ando a ver se o encontro para conversar com ele sobre a moto. Mal consiga cá estarei para escrever sobre essa GTS e claro, o seu dono!

    No entanto a minha não é uma 125 mas sim a 300, mas foi comprada em Outubro e já vai com quase 16 mil km, e problemas zero! e como ler aqui, não sou meiguinho com ela, pois além de eu pesar 130 kilinhos, sou estafeta e sempre que tenho disponibilidade para isso, ainda faço umas viagenzitas.

    Bruno, claro que a GTS é scooter para fazer isso e muito mais!! No entanto não nos podemos esquecer que é uma 125 e por vezes vais desejar que ela andasse um bocadinho mais, principlamente se fizeres muita auto-estrada. No entanto é extremamente fiável e muito confortável!

    Nuno, deves começar a pesquisar na net, pois já vão aparecendo algumas GTS 125, de pesosas que as compraram e agora tiraram a carta para comprarem scooters mais potentes. Ou seja, vão começar a aparecer bons negócios, de GTS com poucos km!

    José, quanto a essa luz, não te preocupes, pois vai acender sempre que fizeres 3 mil km.

    O mais estranho é que tanto a minha antiga GTS, como na actual GTS 300 essa luz acende de mil em mil km!!

    Por isso não te preocupes. Só te deves preocupar se a luz do óleo acender e carregando no respectivo botão, não a consigas apagar. Se isso acontecer, pára de imediato a moto, pois algo aconteceu! Neste caso verifica de imediato o nível do óleo.

    ResponderEliminar
  38. ola amigos boa noite obrigado pela dica ja fiquei descansado ate o mecanico ficou ademirado ligou para o engenheiro e confirmouque a luz era aviso dos 3000 km agora ja vou passear com a minha menina isto e mesmo bom nao estou arrependido e na revista da proteste e das melhores e das mais baratas boa noite

    ResponderEliminar
  39. ola boa noite sou o jose obrigado pela dica pois a minha boneca ja fez a revisao dos 3000 km e esta optima e ja tem mais 250 km e uma maravilha ate da gosto e pena a gasolina ser tao cara e as revisoes mudar oleo motor e transmissao 42.00 euros o que e prciso e continue assim boa noite um abraço

    ResponderEliminar
  40. bom dia
    eu gostaria de compar uma moto
    estive a ver na net ea que mais gostei foi a sym gts 125 evo.
    gostaria de saber pois nunca tive moto se esta é a moto ideal para começar .

    ResponderEliminar
  41. José ainda bem que tudo ficou esclarecido.

    Henrique,

    A Sym GTS 125, tal como qualquer outra scooter ou moto 125, é boa para uma pessoa se iniciar nestas lides. Acima de tudo temos de ter em conta que a moto só tem duas rodas e por isso mesmo todo o cuidado é pouco. Muitos companheiros que nunca tinham tido contacto com motos, se iniciaram a bordo de GTS 125 e agora é vê-los, não querem outra coisa. Quem sofre são os respectivos carros, que coitados ficam em casa a encherem-se de poeira! Aliás, conheço companheiros que depois de terem entrado neste mundo maravilhoso das scooters, venderam o respectivo automóvel e agora só andam de moto, chova ou faça sol!

    Isot de andar de moto é como a Coca-Cola, segundo Fernando Pessoa:

    "Primeiro estranha-se, depois entranha-se!"

    Um abraço

    ResponderEliminar
  42. Companheiro desculpa em 1.º lugar não estar registado mas gostaria que se fosse possivel responder ,se a Sym 125 gts dará para fazer viagens com 2 pessoas e 250 km seguidos ,não aquecerá o motor em demasia?
    Obrigado desde já.

    ResponderEliminar
  43. Olá a todos, a SYM deveria patrocinar o blog, rssss... fiquei com vontade até de adquirir uma, é muito esclarecedor, obgds e um bem haja a todos....

    ResponderEliminar
  44. Olá a todos,
    queria pedir uma ajudinha sobre a manutenção da Sym GTS 125 Evo.
    Ando interessado em comprar uma, e dos vários stands que visitei recebi sempre informação diferente no que diz respeito aos intervalos de manutenção. Nuns casos ndicaram-me que a 1ª rev é aos 500Kms e noutros aos 1000 Kms, e que depois será de 3000 em 3000, 4000 em 4000, e mesmo de 6000 em 6000 ?!?! Estas valores tão diferentes foram indicados pelos vendedores!!
    Na vossa opinião quais são mais acertados?
    Obrigado

    ResponderEliminar
  45. Olá Carlos

    A GTS 125 faz 250 km seguidos e muito mais, agora o que não acredito é que tu aguentes 250 km seguidos em cima dela sem parar. lol

    Agora a sério, sim, dá, a GTS 125, tem um motor refrigerado a liquido, muito fiável e resistente. nâo sei se já és membro do CPM, Clube Português de Maxiscooters (se não fores, então entra, faz o registo e diverte-te), onde existe muita gente que faz grandes viagens com as 125 (Sym GTS 125, Kymco Downtown 125, Yamaha X-max 125, Daelim S2 125, etc, etc) e até agora nenhuma se queixou! No Clube já existem algumas GTS 125 que se aproximam dos 20 mil kms percorridos e até agora sem problemas! É só fazer as revisões, meter gasolina e andar!

    Olá Nuno Angelino, bem vindo. Esse é um assunto complexo. Em relação a patrocínio, ou não, nunca foi minha intenção ganhar dinheiro com este blogue, pois quando o criei, foi só e apenas com a intenção de ir aqui relatando as minhas passeatas com a minha GTS 300, só que...dia após dia, ia-me entusiasmando com isto...e deu no que deu! lol.
    Não sou eu que vou bater à porta da Sym, ou de algum stand para lhes pedir um patrocínio, apoio ou lá o que seja! Penso que esse passo´deverá ser dado por quem realmente tenha interesse em o fazer.
    Como escrevi atrás não faço intenções de enriquecer à conta disto, que fiz e faço apenas por carolice e porque "gostodescooters"! No entanto, claro que ficaria satisfeito se a marca ou algum concessionário decidi-se de alguma forma ajudar na manutenção disto nem que fosse enviando informações sobre a marca e as motos, para que eu pudesse aqui publicar, como cedendo scooters para serem testadas (aqui seria interessante outras marcas fazerem o mesmo, para termos como comparar) e até porque não promover/patrocinar umas passeatas em que a malta que tem Sym, se pudessem juntar! Seria interessante, não acham? Alás ando com algumas ideias sobre isto....


    Nuno aguarda mais um pouco pois vou ter informações interessante sobre as revisões. Mal tenha toda a informação, coloco no blogue.

    Um abraço a todos e é graças à vossa participação que este Blogue é o que é!

    Obrigado a todos!

    ResponderEliminar
  46. Olá, Boa noite.
    Estou a pensar trocar de scooter (tenho uma piaggio x8 200), mas estou muito indecisa entre a Sym GTS 300, a Honda SWT 400 e a Suzuki Burgman 400. O que aconselham? A minha maior duvida reside na fiabilidade da moto? Será que é para durar sem dar chatices?

    ResponderEliminar
  47. Olá Isabel, bem vinda ao blogue (e também ao CPM!).

    Em relação à tua questão, penso que estás a comparar scooters diferentes.

    Enquanto a GTS é uma 300 falsa (só tem 264 cc) as outras duas são 400 têm outras prestações mas também são bem mais caras.

    Em relação à GTS e falando com conhecimento de causa, como podes ler neste blogue, é extremamente fiável. Repara que a minha é usada diariamente por um gajo (eu! lol) que pesa apenas 130 kilinhos, percorre vezes sem conta Lisboa e arredores e de vez em quando ainda faz uma viagens percorrendo muitas centenas de quilómetros!! E claro, custas 4190 € + docs.

    Agora em relação à Burgman e SW-T a minha escolha seria sem dúvida a Honda. E isto porquê?

    Não é que a Burgman seja uma scooter má, antes pelo contrário, mas faz-me muita confusão, uma marca como a Suzuki ainda não ter resolvido definitivamente o problema de embraiagem de que todas padecem! E que problema é esse? Uma irritante vibração ao arrancar e quase sempre que circulando a baixa velocidade dás punho para aumentar imediatamente a velocidade. Ora, segundo sei este problema arrasta-se à vários anos e nada de o resolverem. O que tem acontecido a muitos, é que mal a compram, passados poucos quilómetros têm de mudar a embraiagem, por outra...igual e que mais tarde ou mais cedo volta a fazer o mesmo! Volto a dizer que não percebo porque é que a Suzuki não resolve este problema de vez!

    Agora a SW-T, bom...é Honda e penso que está tudo dito! Confortável, espaçosa, segura, veloz, são as suas qualidades mais apreciadas e pela negativa, apenas um ligeiro (muito ligeiro) decréscimo na qualidade de alguns plásticos!
    No entanto o que faz toda a diferença entre a SW-T e as outras 400, é o seu motor com dois cilindros! A juntar-se a uma suavidade e facilidade de condução, temos uma fiabilidade a toda a prova.

    Conheço um membro do MSP (o barcas) que tem uma SW 400 (maxi que a SW-T veio substituir) e que lembre, já fez pelo menos 2 Lés-a-Lés, fora imensas viagens, muitas delas a dois e com a moto carregada de bagagem, tendo sido a ultima delas aos Picosda Europa. A SW do Barcas já vai nos 30 mil km e problemas, zero! E olha que ele não é nada meiguinho a andar, pois tira dela tudo o que ela tem para dar!

    Entretanto a Yamaha tem a nova Majesty 400 que apesar de ser uma óptima scooter, não faz parte das minhas preferências, mas como gostos são gostos, nada como dares uma vista de olhos assim como também à Kymco Exciting 500, que é lindíssima, tem um preço canhão e é excelente, ou não fosses uma das maxiscooters mais vendidas em Espanha!

    Espero ter ajudado, depois mantem-nos a par da tua escolha!

    ResponderEliminar
  48. Olá a todos e especialmente ao Veiga a quem agradeço por este espectacular contributo.

    Estão aqui respostas a muitas duvidas e questões que nenhum vendedor é capaz de responder na íntegra, pelo menos honestamente ou com conhecimento de causa, e dissipam-se aqui duvidas que podem influenciar decisivamente a opção de compra, questões essas que alguns de nós nem nos lembrariamos de colocar e entre todos vemo-las esclarecidas. Parabéns.

    Tenho uma duvida que é provavelmente contrária à tua experiência mas que gostaria de ver respondida caso saibas. Como já fizeste testemunho várias vezes, andas bastante mas e se a mota estivesse parada algum tempo? Penso comprar a minha primeira mota em breve e como nunca andei e passo a vida "enlatado" - situação que pode mudar em breve - gostaria de saber que cuidados devemos ter com a mota se não a utilizarmos todos os dias ou mesmo todas as semanas, isto é, o que fazer para passados 15 dias ela ainda pegar. Devemos ligá-la com frequência mesmo não sendo para andar só para o motor trabalhar ou será preferível desligarmos a bateria? Caso tenha sucesso com a minha pretensão este é provavelmente um problema que se colocará mais no Inverno, todavia parece-me relevante.

    Obrigado pela tua disponibilidade e "carolice".
    Filipe Gomes, Almada

    ResponderEliminar
  49. Muito obrigado pela tua informação. Vou espreitar a Kymco. Qto à yamaha não. A suspensão é mto rija, dá cabo das costinhas rsrsrsr.
    Até breve.
    Saudações

    ResponderEliminar
  50. Boas Filipe, bem vindo a este cantinho

    Quanto à tua dúvida, estou a preparar um pequeno texto sobre esse assunto, por isso daqui a dias cá estará no blogue. Infelizmente tenho pouco tempo, para me dedicar ao blogue e por vezes daí a demora de responder aos comentários ou postar coisas novas. Mas com calma vamos andando!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  51. Olá, de novo. Já agora mais uma questão. Entre a Sym GTS 300 e a Citycom 300 qual deve ser eleita? A citycom tem as rodas maiores. Parece que nestes veiculos é uma caravteristica a considerar.
    Saudações

    ResponderEliminar
  52. Olá Veiga

    Podes dizer-me se na Sym GTS 300 cabem dois capacetes modulares por baixo do banco? Por outro lado tens alguma imagem onde eu possa ver a scooter com mala?

    Desde já o meu obrigado antecipado.
    Saudações

    ResponderEliminar
  53. Veiga

    Cá estou eu outra vez para saber se me podes dizer onde é q é possivel ver scooters Kymco ao vivo em Lisboa e Margem Sul do Tejo.
    Obrigadão.

    ResponderEliminar
  54. Olá Isabel,

    desculpa só agora responder mas sabes como é a vida profissional por vezes rouba-nos mais tempo do o que queremos e sendo assim...

    Cá vão as respostas:

    1ª Pergunta

    Resposta: Entre a Citycom e a GTS as diferenças ainda são algumas, apesar do motor ser o mesmo.

    Em relação ao comportamento, as rodas maiores vencem por larga vantagem, pois a Citycom tem um comportamento já muito perto do comportamento de uma moto "normal". As rodas pequenas da GTS e assim como de mtodas as scooters de roda pequena, não digerem muito bem as enormes crateras que abundam pelas ruas das nossas cidades, assim como tamb+em detestam ruas em paralélipipedo (vulgo ruas empedradas) e linhas dos eléctricos. Apesar da Citycom tal como qualquer outro veículo de duas rodas sofrer com este tipo de piso, é inegável que a Citycom tem melhor comportamento nestas condições.
    Pelo lado negativo, os acabamentos da Citycom são um bocadinho piores quando comparados com a GTS assim como tem menos espaços de arrumação e claro, o conforto em estrada da GTS é substancialmente superior. E não nos podemos esquecer que a bordo da GTS, o condutor tem espaço para esticar as pernas, o que dá muito jeito em longas viagens e não só (eu que o diga!)E para terminar, existe o lado da estética...e o gosto de cada um, mas falando por mim e apesar de gostar muito da Citycom, acho a GTS Lindaaaaaaa! lol

    2ª Pergunta -

    Resposta: ops, na GTS só cabe um capacete integral e/ou modular e nem todos! Se o capacete for dos simples (tal como o Nau modular com que trabalho) cabem perfeitamente. Agora se o capacete for do estilo do meu Shark evoline 2, que é um capacete todo xpto e maior, já não cabe.

    Por vezes os modulares cabem, quando se abre ligeiramente a queixeira, pois assim têm a tendência para baixarem ligeiramente. Sei de companheiros no CPM, que compraram capacete sem 1º experimentar se cabia na GTS, colocaram-no no local, fecharam o assento, fizeram força e...ficaram com marcas no capacete!

    Por isso nada melhor do que experimentar antes de comprar...ou então top-case! Eu sou viciado em top-case!

    Quanto à foto, vai estar uma no tópico da revisão dos 17 mil km! mas atenção que nas fotos e já tirei várias, o tamanho da top-case fica sempre desproporcional em relação ao tamanho da GTS. Por isso nada como ver ao vivo e a cores!

    3ª Pergunta -

    Resposta: penso que conseguirás ver as Kymco na Motobelas...em Belas!

    obrigado pela participação e... manda sempre!

    ResponderEliminar
  55. amigos quero que me tirem uma duvida o manual que vem de fabrica em inglês não deveria vir em portugues sobre a SYM 300 EVO com as explicações de oleos recomendados etc etc.Os senhores da RED MOTO são muito simpáticos mas isso não chega é preciso colocar os produtos com qualidade e com as explicações dos referidos produtos para que o comprador saiba o que vai comprar. Abraço

    ResponderEliminar
  56. A todo o pessoal por volta dos 45 para cima e pensa em comprar uma maxi-scooter acho que quanto mais depressa melhor pois o raio do iva para o estado vai aumentar já em julho e vão ver que não se arrependem.Abraço

    ResponderEliminar
  57. Boas estou estou a pensar em comprar scooter 125 estou um pouco indeciso entre a Kymco Downtown de 15 cv e a sym gts evo gostaria de saber a vossa opinião. O aspecto da sym agrada-me mais mas os 15cv da kymco estão me a deixar indeciso. E gostaria também de algumas informações em relação a manutenção, de quantos em quantos km preços aproximados. Peço desculpa pelo excesso de duvidas, mas sou um pouco inculto nesta área.
    Obrigado
    Abraço

    ResponderEliminar
  58. Olá Nuno

    Com qualquer uma delas ficas bem servido, pois são óptimas scooters.

    Numa comparação rápida, a Kymco é maior que a Sym e tem linhas mais modernas e agressivas. No entanto penso que vai "cansar" mais rapidamente que a Sym, de linhas mais clássicas.
    Pessoalmente gosto das duas, tenho uma GTS 300, e gosto muito da Kymco, principalmente da traseira, que acho lindíssima.

    Depois temos o conforto e nisso a Sym é imbatível. Existem algumas queixas sobre o conforto do assento no lugar do condutor, pois faz um alto que se tornas desconfortável.

    Ambas travam e curvam bem, mas a Kymco, toca mais rapidamente no chão (descanso central) que a Sym.

    Quanto aos motores embora a vantagem esteja do lado da Kymco, ainda ontem ouvi uma relato de um membro do CPM, que tem uma Sym GTS 125 já com 18 mil quilómetros. Rodando com outro companheiro que tem uma Kymco Downtowm 125, a subir, a Kymco foi-se embora, mas depois em recta e a descer...a Sym disse bye-bye à Kymco.

    Ou seja, a subir, claro que os cavalos extra fazem toda a diferença, mas depois em recta ou a descer, a relação de transmissão mais longa da Sym também faz a diferença.

    Depois temos o preço que pende para a Sym.

    Resumindo, duas óptimas scooters, e a escolha é muito difícil.

    Se conseguires, faz um test drive às duas e se mesmo assim ainda estiveres indeciso, segue o coração, ou então leva a tua namorada/mulher/companheira e deixa que seja ela a escolher! Assim como assim ficarás sempre com uma óptima scooter e sendo ela a escolher pode ser que lhe ganhe gosto e também a queira conduzir...o que te vai levar a teres outro problema....facilmente resolvido com a compra de outra scooter!

    Olha, boa ideia, compra as duas, e vão trocando! lol

    ResponderEliminar
  59. Obrigado Veiga sim em termos de aspecto não tenho duvidas a Sym está em primeiro lugar. Em viagens em AE porta-se bem ou é bastante aborrecido? E que vou ter que fazer alguns km em AE. E em relação a manutenção sabe dizer alguma coisa, preços e km entre manutenção?

    ResponderEliminar
  60. Bom dia Veiga,
    parabéns e obrigado pelo Blog
    chamo-me Abel moro em S M Feira a cerca d 30 km do Porto e nunca andei de moto; mas estou muito perto de comprar uma Scooter e tenho andado a ver vários modelos e a pesquisar na net, por isso te encontrei.
    e como vejo que tem muitos conhecimentos sobre scooter e que dá as suas opiniões sem interesse comercial aproveito para lhe pedir que me ajude na minha indecisão:
    o que comprar?
    Quero comprar uma moto pela sensação de Liberdade que proporciona e para poupar o meu carro e não só.
    Terei uma utilização maioritáriamente citadina numa cidade não muito movimentada, e irei fazer algumas viagem de AE, cerca de 35 km se fora ao Porto, minha terra natal onde vou com regularidade pois tenho lá toda a família e 1 vez por semana farei cerca de 200 km em AE (com ida e volta a S M Feira).
    Também eu estou na casa dos 40 anitos com vontade agora de sentir o bichinho das motos.
    o mue problema é decidir qual:
    Já vi a Keeway 125 Outlook, mas tem pouco espaço de bagagem e uma condução muito direita sem poder esticar as pernas e, vi as SYM estando quase a comprar a VS 125 e hoje fiquei entusiasmado com a JoyRide 125.
    mas, agora que te conheci e após tão boa informação sorbe a GTS 125, acabei por ficar mais confuso. solicito as tuas palavras sábias para que se faça luz no fundo do tunel, pois quero mesmo comprar uma boa scooter na próxima semana sem me arrepender mais tarde.
    desculpa o alongar do comentário, mas também é a primeira vez que participo neste tipo comunicação.
    abraço e boas curvas (e rectas tb)
    Abel 4/710

    ResponderEliminar
  61. Nuno,

    Apesar de rodar bem em auto-estrada é claro que por vezes é aborrecido circular em AE, seja com a GTS, ou outra 125 qualquer. Repara que eu mesmo tendo a GTS, sempre que possível evito as AE. Não que a minha GTS, não circule à vontade (roda a 120/130 nas calmas e sem esforço), mas dá-me muito mais gozo rodar pelas nacionais do que pelas AE e claro o dinheiro das portagens dá para a gasosa!

    ResponderEliminar
  62. Olá Abel,

    Se o problema não for a diferença de preço entre a Outlook e a GTS, aconselho-te a que optes pela Sym. Repara, não é que a Keeway seja uma má opção, antes pelo contrário, pois conheço companheiros do CPM (Clube Português de Maxiscooters) que estão contentes com as suas Outlook (scooter que acho bem bonita), mas, para a utilização que pretendes, ficas melhor servido com a GTS, principalmente ao nível do conforto/protecção do vento, principalmente se pretendes fazer AE.

    No entanto aconselho-te a fazeres um test-drive ás duas, ou se isso não for possível, ao menos que te sentes nas duas motos e vejas qual delas é que "vestes" melhor.

    E já agora, conheces a Kymco Downtown 125? Uma excelente maxiscooter 125 e grande rival da GTS 125.

    O que depois te vai acontecer é o que acontece à maioria.
    Muita AE, começas a ficar farto da pouca velocidade das 125, tiras a carta e partes para algo mais potente! É sempre assim!

    Isto das maxi-scooters é mesmo um virus altamente contagioso! lol

    ResponderEliminar
  63. Bem mais uma vez obrigado Veiga.

    Abraço e parabéns pelo Blog

    ResponderEliminar
  64. Boas, vim parar aqui com uma busca na net...

    Fiz hoje um primeiro test drive da GTS, e fiquei impressionado com o conforto da mota, e a facilidade que atinge os 100/110 Kms tendo em conta o peso e potencia, andava inclinado para coprar a Honda PCX, mas depois de testar esta, que se lixe a PCX, tambem testei a HD 200, mas não gostei.

    Eu já sou um Condutor de mota Diario, simplesmente vou ter que me render ás Scooters, alem de baratas, têm seguros baratos e manutenção Baratas, e consumos relativamente baixos... E ainda têm a vantagem que não têm tanta procura dos Gatunos... A minha mota é muito cobiçada(GSX-R 1000 K7) e é sempre um terror para mim quando a deixo parada 1 dia inteiro em Lisboa :(...

    Claro que vou notar uma grande diferença passar de uma mota de 187 cavalos para uma de 13... Mas, como se está a tornar insustentavel, tenho mesmo que me render, pelo menos para o dia a dia... Pois a ideia é manter a outra mota.
    Tambem tem que ser uma 125, podendo assim a minha namorada conduzir a mota quando quiser, ela so tem carta de carro...


    Queria saber com isto era:

    Consumos, li que andam nos 3.1, 3.6 L/100 é veridico? A minha gasta no minimo 7 :(

    Pneus: Gasta muito? duram quantos KM

    Seguro: É caro?

    Revisões: de quantos em quantos Kms se fazem e quanto custam?

    Já agora entre a GTS e a Joyride, vale a pena gastar mais uns € para a GTS?
    A diferença é mesmo só estetica certo? Notei que o banco é mais fraquinho, sem encosto, o que torna a GTS muito confortavel...


    E por ultimo, GTS e GTS EVO, ainda existe a GTS? é pior melhor?




    Cumprimentos
    Francisco Gaspar

    PS: peço desculpa pelas perguntas todas, mas como se diz convem ver todos os angulos antes de comprar qualquer coisa...

    ResponderEliminar
  65. Olá Francisco, bem vindo a este cantinho!

    Respondendo às tuas perguntas:

    - quanto aos consumos, podes apontar para consumos reais, entre 3,4 /4 L,conforme o andamento que imprimas à scooter!

    Pneus, e dou-te como exemplo a minha GTS 300, troquei o de trás aos 17 mil km, e ainda tinha algum piso. Ou seja na 125 devido à menor potência ainda duram mais. O pneu da frente ainda vai a meio uso. No entanto digo-te já que os pneus que as GTS trazem, não são grand eespingarda e se em seco até consegues curvar á vontade, já com piso molhado....esquece! Aqui aconselho a trocarem os Maxxis que trás de série por uns Bridgestone Hoop, para mim dos melhores pneus para scooter e com um bom preço.

    Quanto ao Seguro, é de certeza mais barato que o da tua Suzuki. No entanto aqui aconselho-te a fazeres uma longa pesquisa, pois existem grandes diferenças de com panhia para companhia, o que sinceramente não se percebe!

    Entre a Joyride e a GTS, vale a pena gastares os tais trocos, pois a GTS é superior à Joy Ride, é mais moto, amis confortável e até ao nível das performances, é superior!

    Quanto às diferenças entre a GTS e a evo, são meramente estéticas.

    Visita também o Clube Português de Maxiscooters onde tens imensa informação sobre as Sym e todas as outras scooters!

    Aparece!

    ResponderEliminar
  66. Boa noite??
    Existe muitas raparigas a comprar esta mota?
    A minha filha quer uma gts 125 EVO toda a gente diz que é muito masculina para ela!! é verdade?

    ResponderEliminar
  67. Ola Veiga e restante pessoal comprei uma GTS 125 ES dia 07/07/2010 fiz 530 km tou contente com ela sei ke e cedo para falar;acho-a confortavel a velocidade maxima 120km,com 2 pessoas 110 km consumos de 3,5 litros aos 100. fiz a primeira revisao aos 500km gastei 28 euros,a proxima aos 3000km.acho uma boa oportunidade para kem ker iniciar,antes tinha uma yamaha neo's 50cc,ganda makina mas andar sempre a 60 km/hora cansava-me a beleza lol,mas foram 4 anos no duro lol.ate a proxima,abrc.

    ResponderEliminar
  68. Olá, estou muito interessado em comprar uma Sym 125 GTS evo, gostaria só que algem me indica-se a media de consumos da mesma, se possivel, obrigado.

    ResponderEliminar
  69. mousenet, mesmo em cima da tua pergunta está um comentário da Raquel e que fala precisamente do consumo da GTS.

    Os companheiros do CPM (Clube Português de Maxiscooters) que possuem GTS 125, confirmam que no ínicio o consumo ronda quase os 4 L, mas que depois com o passar dos quilómetros vai baixando até ficarem a rondar os 3,5 L.

    ResponderEliminar
  70. Olá Veiga,
    Parabéns cá pelo sítio.
    Preciso saber exactamente o valor da GTS porque fui a um stand e pediram-me 3.700,00€. No site oficial está a tabela que recomenda o valor de 2,990.00€.
    Em que ficamos? O dono do Stand diz que este é o valor de venda e não baixa. Existem algum tipo de despesas adicionais que justifiquem esta diferença de valor?
    Também vos aconteceu o mesmo?
    Sugestões?!!
    Abraço,
    Rodrigues

    P.S.- a GTS é mesmo aquela que eu a minha mulher queremos mas....

    ResponderEliminar
  71. Não ponhas mas... a GTS 125 é uma excelente scooter!

    em relação a esse preço, apenas te digo uma coisa:

    Diz qual é o stand, assim avisas as pessoas para fugirem de lá! Esse gajo está simplesm ente a gamar! ele que meta a GTS dele na peida!

    Ao preço de tabela apenas tens de acrecentar o custo dos documentos que andam á volta dos 200 euros mais coisa menos coisa. Aqui vais encontrar diferença entre uns e outros stands mas de pouca monta! Agora essa diferença, é como te digo ele que meta a moto no cu! lol

    Aconselho-te a ires ao Clube Português de Maxiscooters (encontras o link directo aqui no blogue, à tua esquerda), fazes o registo e depois tens lá muita informação sobre a GTS, outras scooters, e onde o pessoal as comprou, a que preço, custo das revisões, etc, etc. E claro depois de terem a vossa "menina, sempre podem aparecer nas tertúlias que o CPM realiza quase todas as semanas e que são 5*****!!!

    Se por acaso moras na zona de Lisboa ou arredores, aconselho-te a ires à JCG Motos, que fica em Paiões, Cacèm. Neste momento sei que têm em stock, 2 GTS 125, uma cinzenta e outra preta, prontinhas a sair! Se lá fores diz que vais da parte do Veiga da GTS 300 branca, pode ser que te façam algum tipo de desconto....

    Um abraço

    ResponderEliminar
  72. ola veiga e parabens pelo blog tem muita informaçao que ajuda para quem entra no mundo das scooters.este fim de semana fui buscar a minha 125 gts evo.ao fim de 50 klm quando parei a mota cheiro-me a queimado, mas deve ser normal porque a mota é nova e deve ser dos produtos que deitam na marca.o mecanico dize-me que posso esticar a mota que noa tenho problemas com o motor. e tambem dize-me que a 1º revisao é aos 300klm.isso é bom para a mota.um abraço
    marcio fernandes de vila nova de famaalicao

    ResponderEliminar
  73. Boa tarde,

    Antes demais quero-te felicitar pelo blog, está muito bem conseguido.parabéns.
    Ao fim de 35 anos estou a pensar a adquirir pela primeira vez uma moto, acho que com o passar da idade o juizo perde-se com mais facilidade lol. estou indeciso entre a sym gts 125 Evo (que acho linda ) e a X-max 125 , visto seres um verdadeiro mestre nesta area, qual delas me podes aconselhar?conheces algum stand na margem sul?

    Um forte abraço
    Bruno Matos

    ResponderEliminar
  74. Boas Márcio,

    Antes de mais nada, deixa-me dizer-te que esse cheiro que sentiste na tua moto é normal, pois o motor é novo e é o cheiro das tintas e colas das juntas que se fazem sentir. No entanto se apertaste com ele, tal como o teu "mêcanico" disse que podias fazer, então é provável que o cheiro seja mesmo a queimado.

    Antes de mais gostava de saber onde é que esse fulano tirou o curso de mêcanico, ou onde é que aprendeu mecãnica!?
    Se fosse um mecânico como deve ser teria dito exactamente o contrário! Nos primeiros quilómetros de qualquer motor, seja de carro ou moto, o mogtor deve rodar apenas a baixas e médias rotações de forma a que todos os seus componentes se ajustem ou seja´é aquilo que normalmente a malta chama "acamar". Sendo assim e se queres ter uma moto que durante muito tempo não te dê chatices, aconselho-te a que nos primeiros quiloetros rodes nas calmas com a tua GTS. Como tens de fazer a 1ª revisão aos 500 km (e não aos 300 c omo o teu mecãnico te disse!!!) só após essa revisão deverás, começar a aumentar o ritmo e mesmo assim só de vez em quando é que a vais puxando.

    Se queres ficar com uma moto a responder-te bem, com força e que não gaste óleo, tens de ter paciencia e fazer uma rodagem como deve ser.

    De resto, toca a fazer quilómetros, pois é para isso que as scooters servem! Curtir!


    Caro Bruno, bem vindo aqui ao cantinho das scooters

    Em relação à tua indecisão, repara que são duas scooters diferentes e com custos diferentes, tudo depende do teu gosto.

    Quanto a preços, a X-Max, é muito mais cara que a GTS.

    Depois, estás a comparar uma scooter de rodas altas, a X-Max, com uma de rodas baixas, a GTS, que têm comportamentos diferentes!
    Se pretendes uma scooter para uso intensivo em cidade, circulando por zonas onde existem muitas ruas esburacadas, linhas dos eléctricos, piso empedrado e se sobes muitas vezes, passeios, então a escolha óbvia é a X-Max, se o uso que pretendes dar, é também ele citadino, mas não tão intenso, se também pretendes fazer umas passeatas/viagens e se valorizas o teu conforto e principalmente o do pendura, então a escolha óbvia é a GTS!

    No entanto fora o que disse, aconselho sempre a que se possível, façam um test-drive ás motos e se isso não for possível que pelo menos se sentem nas motos (sem o descanso colocado) para ver como é que as "vestem" se sentem á vontade com o peso, se gostam da posição de condução, etc, etc.

    Depois é ver os valores~e.... comprar!

    um abraço!

    ResponderEliminar
  75. Ola sou o Eddy estou a pensar em comprar VS125 que me podem dizer da moto

    ResponderEliminar
  76. ola veiga, obrigado pela resposta, vou tentar andar nas calmas e nao puxar muito pelo motor,mas o cheiro ja desapareceu e como tu dizes vou fazer a revisão aos 500klm e quando for ao mecanico vou ter uma conversinha com ele.acho estranho como tu dizes quando se compra um carro ou mota tenta-se andar nas calmas para as peças do motor acamar.so dei 2 vezes 100 mas foi numa variante e so foi 500m.como tu dizes é curtir e sempre nas calmas
    um abraço e toca a rolar
    marcio fernandes de vila nova de famalicao

    ResponderEliminar
  77. Olá Eddy, segundo as informações que tenho sobre a VS 125, é uma excelente scooter, é rápida, confortável e muito fiável, além de bonita.

    Como contra tem os consumos, um pouco elevados, isto segundo algumas pessoas que têm a VS. Segundo essas pessoas, é o único senão desta scooter, fazendo consumos na ordem dos 4 L aos 100.

    Espero ter ajudado


    Márcio, o espiríto é memso esse rolar nas calmas, usufruir da comodidade e versatilidade da scooter, apreciar a paisagem...

    ResponderEliminar
  78. Olá Veiga:

    Sou mais um dos muitos que andam a pensar trocar o carro pelas Mx-Scooters.
    O carro passa a ficar na garagem que é dos poucos sitios onde não paga estacionamento, além da despesa de gasóleo e portagens, que já começam a pesar na carteira.
    Como tenho carta de moto a quase 30 anos não tenho problemas com a cilindrada.
    Daí que gostaria de saber entre a Joyride 200 e a GTS 125 o que deva fazer.
    Ontem fui a Paiões ao Stand mas está encerrado para as merecidas férias.
    A minha duvida tem a ver com o facto de com os meus 49 anos e 127 Kg. achar que a GTS 125 não se aguente com um tipo como eu.
    Por outro lado se comprar a GTS 300 já terei de pagar o imposto, o que com a Joyride 200 já não acontece porque apenas tem 171 cc.
    No entanto, descansem todos os leitores porque a minha preferência é mesmo e sem qualquer sombra de duvida a GTS 125.
    A Scooter é na minha opinião a mais bonita de todas.

    Já agora aproveito para deixar aqui os parabéns pelo blog e também a todos os que têm aderido e deixado aqui as opiniões.
    Tal como alguns já tive uma moto Yamaha, mas entretanto já se passaram cerca de 25 anos e uma Scooter é diferente de uma moto.

    ResponderEliminar
  79. Antes de mais nada, bem vindo Elio e obrigado pelos elogios, a malta faz o que pode...e a mais não é obrigado, lol!

    Bom...estás sem dúvida num dilema. E a escolha só pode ser tua, mas a minha é a seguinte:

    Como sabes peso 130 quilinhos (fora o que passa ahahah) e testei a GTS 125. Claro que notei que para o meu peso ela torna-se limitada, pois é praticamente o mesmo que andar sempre com pendura. Neste aspecto ias ficar melhor servido coma Joy Ride 200, só que a diferença em termos de moto entre a Joy Ride ainda é um bocadinho, anto ao nível do conforto, dimensões e prestações.

    Ora bem, pensando que no caso da GTS 300i EVO o imposto a pagar anualmente é de 7,26 € (ou era, o ano passado, pois com estes aumentos todos já nem sei bem!), penso que vale bem a pena pagar, pois sempre ficas com uma scooter de uma gama superior.
    Repara não estou a dizer que a Joy Ride seja uma má escolha, nada disso, só que com a GTS 300 ficas melhor servido, pois aqueles quase 8 cv que a GTS 300 tem a mais...fazem muita diferença.
    Por outro lado, a GTS custa quase mais 1000 €, o que nos tempos que correm...é muito guito!

    Vai ser difícil fazeres tests-drive a todas, mas pelo menos tenta sentares-te nas duas.

    Quanto à JCG Motos,, sim, está fechado para férias. Quando lá voltares diz que vai aqui da parte do Veiga, pode ser que faça algum descontozito, eheheheh

    ResponderEliminar
  80. Ok, Veiga:

    Obrigado pelo conselho. Uma das coisas que me fez eliminar a 300 foi precisamente a diferença de preço e o imposto. Sendo que o imposto até nem sequer é muito elevado é caso para repensar as coisas.
    Entretanto e depois de ter lido e enviado a mensagem aproveitei para "dar uma volta" aqui no blog e gostei imenso das imagens e dos relatos das tuas experiências.

    Queria aproveitar para deixar um conselho ao companheiro que pretendia trocar o escape... Não faças isso... a mim custou-me a reparação do motor de uma V5 que tive, com mudança de segmentos, etc. Não compensou os 5 ou 10 Km/h que conseguia tirar a mais. Mais tarde, na Yamaha que tive, apenas colocava material em conformidade com o aconselhado pelo fabricante e vendi-a com 65.000 Km impecável.

    Apesar de já não andar de moto à bastante tempo, sempre fiquei com o "bicho no corpo" e sou dos poucos que tem o cuidado de se desviar para dar passagem a uma moto, embora nalguns casos venha a constatar que afinal não mereciam a consideração. No entanto em nenhum dos casos eram scooters.

    Já agora aproveito para agradecer a v/ preferência na M80, onde trabalho.

    Felicidades e votos de que este Blog continue a crescer com mais participantes e ideias.

    ResponderEliminar
  81. Sou da mesma opinião, não mexer!

    quanto à M80, tem tudo a ver com scooters...viajar nas calmas... boas paisagens... boa música, o que mais podemos pedir?

    ResponderEliminar
  82. Boas

    Sou um apreciador de scoters e espero em breve ter uma

    Para isso terei que vender o meu "bólide", um Fiat de 2000,pois como tenho dois carros (a mulher e o filho utilizam o outro), gostaria de ficar só com um carro e ter uma scoter para as idas para o trabalho e outras voltas mais pequenas.

    Estou indeciso entre duas scoters (Honda PCX 125 e a SYM GTS EVO).

    O pessoal do Norte conhece algum concessionário ou Stand no Grande Porto, que faça este tipo de negócios? (Trocar carro por mota)

    Agradeço dicas

    Um abraço, José Resende

    ResponderEliminar
  83. ola veiga.Antes de mais quero elogiar o trabalho desenvolvido neste blogue de informação e prospecção em relaçao a varios topicos.
    meu nome é luis resido no algarve e acabei por comprar uma sym gts 125 evo a qual estou desejoso de a receber,apenas quero pôr 2 questoes:
    1-seguro (quais as companhias de seguro que faz o preço em conta)
    2-manutençao
    desde ja um abraço.obrigado

    ResponderEliminar
  84. José Resende,

    em relação à tua dúvida entre a GTS e a PCX tudo depende, daquilo que precisas.

    Se queres uma scooter económica tanto no preço, como no consumo, para circular quase sempre dentro da cidade, e quase sempre sem pendura, a escolha óbvia deverá ser a PCX.

    Se procuras conforto, tanto para ti como para o pendura,, boa proteccção contra frio e chuva e uma scooters com a qual já possas realizar algumas viagens, então a escolha terá de ser a GTS.

    Quanto aos stands...aì em cima não conheço nada. Dá uma voltinha pela Net, por vezes encontram-se óptimos negócios!

    Caro Luís, o blogue existe para isto mesmo, troca de informações e conhecimentos.

    Quanto aos seguros, aconselho-te a fazeres simulações em várias Companhias, vais ficar espantado com as diferenças qiue existem!

    Quanto à manutenção da tua nova Sym, qualquer concessionário Sym a faz, aliás é obrigado a fazer. No meu caso, não aconselho a saltarem de oficina em oficina (a não ser que aquela onde vamos não presta!). É bom sermos clientes de uma só oficina, pois com a continuação e já habituados a terem-nos como clientes, além de nos safarem sempre que surja alguma urgência, tb podemos ser um bocadinho mais "chatos" com eles...aquela vibração que ninguem encontra... o tic-tic que ninguém sabe d eonde vem,etc.

    ResponderEliminar
  85. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  86. OLA AMIGOS TENHO SYM GTS 125 EVO SE

    QUANDO DEVE SER FEITA 1º REVISAO

    ResponderEliminar
  87. ola veiga!
    tenho 2 duvidas e precisava da tua ajuda,a minha menina vai ter que ir fazer a revisao dos 500klm, quanto é que fica a revisao?a 2ª duvida é, posso lavar a mota nas estacoes de serviço com mangueira de pressao,ou é melhor lavar manual.
    um abraço

    ResponderEliminar
  88. Em relação ás revisões das Sym, nesta altura existe uma grande confusão visto que o importador as alterou.

    Penso que actualmente as revisões deverão ser feitas, a primeira, aos mil quilómetros e depois, sempre de 6 em 6 mil quilómetros.

    No entanto e devido à confusão, mais vale informarem-se no stand onde compraram as vossas scooters e se ainda tiverem dúvidas, nada como fazerem um telefonema par ao importador, Red Moto.

    Em relação ao preço da 1ª revisão, como deves saber não existem preços certos, pois tudo depende do preço da mão de hora que cada oficina cobra e até da forma que fizeste o negócio.

    Se existem stands que oferecem a 1ª revisão, ou somente a mão-de-obra, também existem outros que esticam até mais não. Mas penso que o valor normal deve rondar os 30/40 €.

    Mas é como digo, tudo depende das oficinas. Em caso de dúvida, perguntem antes de lá porem a vossa moto.

    ResponderEliminar
  89. Traição.

    Amigo veiga, já fiz uma escolha e espero não ter feito nenhuma asneira, mas agora mesmo que me digam que foi má escolha, nada posso fazer.

    Optei por uma X-Max 250 de 2007 com 27000 Km. A scooter está com muito bom aspecto e funcionou logo. Não notei ruídos estranhos até mesmo com ela a funcionar dentro da garagem e para além do mais tenho a ideia que na Motobelas são bastante profissionais.

    Obviamente que esta decisão teve diversos factores que me levaram a ponderar e um deles foi obviamente o preço que ficou aquém da GTS 125 nova. Por outro lado já tinha tido uma Yamaha como referi num post anterior e nunca tive problemas.

    Assim, acabei por trair um pouco o meu ideal, mas depois de ter lido a tua resposta ao post anterior convenci-me que de facto uma 250 ou 300 seria a melhor solução. Ainda estive tentado a comprar a Kynco 300 nova que saiu agora (scooter lindíssima), mas achei que além de ficar com uma renda maior e muito idêntica à renda que iria pagar pela SYM 300, poderia aguardar e ambientar-me a este tipo de motos e daqui por uns tempos se as coisas correrem melhor posso sempre trocar por outra maior e mais recente.

    De qualquer modo este blog deu-me uma ajuda enorme a decidir o que fazer.

    Abraço e Obrigado.

    (Agora sempre que passar por uma SYM 300 branca vou ficar a pensar que na volta és tu que vais ali)

    ResponderEliminar
  90. Olá.

    Pergunto se alguém conhece algum capacete que caiba no espaço debaixo do banco à frente do capacete normal na GTS. Comprei um KIKO mas avisaram-me logo que não era homologado. Sei que dá multa mas é sempre bom para uma boleia de emergência.

    Obrigado.

    Luís Gomes.

    P.S. Parabéns pelo Blog.

    ResponderEliminar
  91. Olá mais uma vez.

    Para começar aviso já que a minha GTS é uma 125 e também anda sempre com 130 quilinhos às costas eh eh.

    Claro que como só tenho a carta de carro, não posso subir a categoria da minha máquina. No entanto manteria a opção do modelo.

    Sinto a minha 125 um bocado lenta no arranque, só quando já vai a mais de meio punho é que parece que liga o turbo. Isto será normal? Parece-me muito lenta na fase inicial. Será assim com todas?.

    Abraço

    Luís Gomes.

    ResponderEliminar
  92. Luís, infelizmente não te posso ajudar, pois não tenho nenhum capacete "aberto" e muito menos "quicos".
    Aqui, desculpa, mas "quico"? Azares acontecem até mesmo mas boleias de urgência, por isso não aconselho ninguém a usar um quico!

    Mais vale uns km a pé, que um quico na cabeça!

    ResponderEliminar
  93. Luís, em relação ao peso...bem vindo ao clube, lolol.

    Pois é a GTS 125 com esse peso em cima não faz milagres, aliás nem a Valentina que tem 264 cc, faz, pois andar com 130 kilos é cima é o mesmo que dizer que anda com duas pessoas em cima e quando se anda com pendura, são 3 pessoas em cima da GTS, por isso não existem milagres.

    Agora ao achares a GTS lenta ao arranque, isso é normal, 1º devido ao peso mas principalmente por ser uma moto nova e o motor estar ainda muito preso.

    Segundo os entendidos, os motores a gasolina, só depois dos 5 mil km é que ficam soltos e a funcionar a 100%, e nos a diesel, só após os 10 mil

    Um abraço

    ResponderEliminar
  94. Olá mais uma vez.

    Talvez me possas ajudar num assunto. A minha GTS, quando largo a direcção fica com a direcção a baloiçar de lado para lado de forma assustadora. Isto é normal? Parece que a roda está empenado ou algo assim. O facto é que a mota tem 1600kms e 3 meses!!!! Se fosse um carro diria que tina as rodas descalibradas! Será isso?

    Obrigado.

    Luís

    ResponderEliminar
  95. SYM GTS BLACK SE Injection 125
    Boas ! Alguem sabe para quando vem isto para Portugal ??
    p.s Bom Blog .

    Abraço.

    ResponderEliminar
  96. Procuro uma maxi-scooter 125 cc, mas não percebo nada de motos.

    Procurei informar-me e neste momento parece-me que a GTS 125 é a mais indicada para mim (boa qualidade/preço e ajustada para passar na ponte 25 de Abril).

    No entanto, estive a ver maxi-scooters no Campo Pequeno, as quais nem sei bem a marca,(http://www.eu-r.com), mas os preços são de arromba (máximo de 2100 Eur). Dá que pensar. Gostaria de saber se na tua opinião, estas scooters só valem pelo preço, ou se consideras que são produtos equivalentes.

    Obrigado e um abraço

    ResponderEliminar
  97. Olá Luís

    Essa vibração que sentes na roda da frente da tua GTS, quase que pode ser considerada normal. Atenção eu disse quase!

    A este fenómeno normalmente de dá o nome de shimming, apesar deste termo tb abranger vibrações a curvar, devido a desgaste irregular no pneu dianteiro.

    Ora bem, agora falando por experiência própria, isso tb acontece na Valentina, quase desde os primeiros quilómetros!!

    O que pode causar essas vibrações?

    - Top-case. A quase todas as motos, independentemente da marco e modelo, quando se coloca uma Top-case, ficam com esse tipo de vibração na roda da frente, devido a um maior peso sobre o eixo traseiro e assim como maior carga aerodinamica atrás. Ora como a maioria das motos quadosão projectadas, não o são com top-case, isto acontece.

    - Pneus: Como todos os donos das GTS (e não!) só sabem, os Maxxis com que as GTS vêm equipadas não são grande coisa. A juntar a isto temos o facto do pneu dianteiro ter um sulco central (umm risco se quiserem!) ao longo do perimetro do pneu e é esse sulco que mais tarde ou mais cedo vem causar essa vibração. E porquê? Porque ficando mesmo no centro do pneu, é a zona que está sempre em contactado. Ora, basta uma travagem mais violenta, o desgaste, ou até mesmo a menor qualidade do pneu, para que esse sulco, sofra deformações, ou seja fica ligeiramente torto e isso vem causar a tal vibração, que só ocorre a uma determinada velocidade. No meu caso acontece entre os 50 e os 80 km/h. Acima dos 80 posso tirar as mãos do guiador que ela segue direitinha sem vibrações.

    - Equilibragem da roda. a roda pode não estar equilibrada (o vulgar "calibrar"!) e sendo assim, claro que vibra. mas estes casos são muito raros a nãos er que te tenha dado alguma grande pancada com a roda da frente.

    Como fazer desaparecer?

    - Mudar de pneu para um de melhor qualidade e sem o tal sulco central.

    - Pesos do punho. São aquelas pecinhas em metal que se encontram nas pontas do guidor. Sei de casos que com a troca destes pesos por uns mais pesados, a coisa funcionou e a vibração desapareceu. E também sei de outros que não!

    - Mandar equilibrar a roda da frente.

    - Caixa de direcção desapertada. Às vezes acontece que a caixa de direcção desaperta e fica com folga o que vem causar instabilidade à roda dianteira.

    Sei que isto acontece a muitos outros modelos de motos, sejam scooters ou moto "normais" independentemente do tamanho e peso da moto.

    No meu caso, como sempre usei toip-case em quase todas as motos que tive, habituei-me a "viver" com este "mal", por isso já nem noto.

    E... as motos são para serem conduzidas com as duas mãos no guiador! lol

    Mas sei que é irritante e que se a pessoa não está á espera que a moto tenha esta reacção, pode causar um grande susto.

    No entanto, aconselho-te a passar na oficina, ou quando fores fazer a revisão e falares sobre isso, para eles darem uma olhadela e verem se algo de anormal se passa. Se tudo estiver bem...só te resta não tirares as mãos do guiador, pelo menos naquela faixa de velocidade onde ela vibra.

    ResponderEliminar
  98. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  99. Quanto à Sym GTS a injecção apesar de já estar à venda em alguns paises europeus, penso que enquanto o importador tiver em stock muitas GTS com motor com carburador, as de injecção não serão vendidas. Se pode parecer uma má atitude por parte do importador, também temos de perceber o lado deles, pois se começassem a vender as "injectadas", depois o que fariam às muitas que têm em stock?

    No entanto penso (mas não tenho a certeza!) que a GTS 125i evo, deverá ser apresentada no próximo Expo Salão, como modelo 2011.

    ResponderEliminar
  100. Olá Jorge bem-vindo a este cantinho.



    Podes comprar Sym, Kymco, Daelim, Honda, Yamaha, Suzuki, Piaggio que ficas bem servido.

    Agora se quiseres fazer a pior compra da tua vida então compra uma dessas motos.

    Dá uma volta aqui pelo blog e logo verás o que penso sobre essas motos e os muitos comentários de quem as tem ou teve!

    ResponderEliminar
  101. Agradeço a opinião e muito possivelvemente vou decidir-me pela Sym GTS 125. Os comentários que li neste blog sobre as scooters de que falei, são elucidativos. Agora só falta negociar com o stand e esperar que o prazo de entrega seja curto.

    Conto dar aqui a minha opinião sobre a moto dentro de pouco tempo.

    ResponderEliminar
  102. Boa noite Jorge

    Vais fazer sem dúvida uma óptima compra, pois basta olhares para as muitas 125 que agora se vêm a rodar para veres que grande parte das scooters 125 são GTS! Se puderes fala com com alguns donos, faz perguntas, pede opiniões, etc, etc.

    Digo-te que faças isso, para não pensares que estou a ser tendencioso, ou que ganho alguma coisa por dizer que a GTS é uma óptima scooter.

    De resto, tenta negociar bem, regateia, se não baixarem preço então tenta negociar algum equipamento, etc, etc.

    E...vai relatando as tuas aventuras a bordo da GTS.

    Boa sorte.

    ResponderEliminar
  103. Ola Veiga. Muito obrigado pelos esclarecimentos.

    Um abraço.

    Luís Gomes.

    ResponderEliminar
  104. OLA B NOITE
    QUERIA QUE ME AJUDASSEM SE POSSIVEL COM A SEGUINTE DÚVIDA.
    NO CONSSECIONÁRIO ONDE AQUIRI A MINHA SYM GTS EVO,´ELES DIZEM ME QUE ESTAS SCOTTER TEM QUE TROCAR O OLEO DE 1000 EM 1000KM, MAS EU TENHO LIDO DE 3000 EM 3000KM
    QUERIA SABER AO CERTO, PORQUE ACHO MUITO POUCO INTERVALO ENTRE UMA MUDANÇA DE OLEO.
    MUITO OBRIGADO, FICO A AGUARDAR UMA RESPOSTA

    ResponderEliminar
  105. Boa noite a todos, sou o Nuno, vivo e trabalho em Lisboa.. tenho 38 anos e só agora me deu para isto....a aventura nas 2 rodas....mais idade e menos juizo :-) mas tb agora sinto que andei a perder tempo.... comprei s SYM GTS EVO 125 no inicio de Agosto e após 1500km e feita a 1ª revisão resolvi tirar a carta de moto para adquirir a 300... a moto é extraordinária.... se alguém conhecer interessados em ficar com a minha GTS 125 branquinha entre com contacto comigo.. 916005766 ou para o meu email: nuno.almeida@itau.eu abraço a todos os companheiros!!

    ResponderEliminar
  106. Ó anónimo, para a próxima assina o teu comentário.

    Quanto ás revisões da tua Sym GTS 125 cá vai:


    1ª revisão - aos mil kms!

    2ª revisão - 6 mil km

    As restantes são sempre de seis em seis mil kms!

    Atenção que antes as revisões eram feitas de 3 em 3 mil e agora passaram para 6 mil km.

    No entanto e apesar de serem estas as revisões aconselhadas pela marca (se n as fizerem perdem a garantia!), convém de vez em quando ir dando uma olhadela aos níveis dos líquidos, principalmente óleo e liquido de refrigeração.

    Nada como ver se está tudo bem com a nossa "menina"!

    ResponderEliminar
  107. Caro Nuno, como deves ter reparado este blogue não é um local, ou um site de anúncios de motos.

    Desta vez deixei passar, mas que fique claro que isto não se irá repetir.

    Existem muitos sites onde se podem pôr as nossas "menina" à venda:

    OLX

    Custojusto

    Sapo

    Standvirtual

    etc, etc....


    Já agora e tb pq deixei resolvi deixar passar este comentário...começam a aparecer 125 em segunda mão e quem quiser faazer um bom negócio esta é a melhor altura. A malta compra as 125, apaixona-se por este mundo maravilhoso e depois os 125 cc começama ficar muito curtos e toca a ir tirar a carta, para se poder comprar uma scooter com maior cilindrada!

    ResponderEliminar
  108. Olá Veiga,

    Ainda não conhecia o teu blogue e acho fantastico.
    Tenho uma GTS 300 evo desde Janeiro com cerca de 3000 Kms. Não tenho termos de comparação com outras scooters, mas acho que esta está muito bem conseguida. Sinto-me segura com ela. É certo que já tem mazelas... cai 2 vezes em situações evitaveis. A ultima foi a subir um passeio! É a vida. Talvez me possas ajudar... para não ter q recorrer á oficina, sabes como posso adquirir tinta para disfarçar essas mazelas? Ela é cinza escura. Ou então uma oficina "baratinha"...
    Obg

    ResponderEliminar
  109. ops... esqueci-me de te dizer... vivo em Sacavem

    ResponderEliminar
  110. Boas, só agora decidi pesquisar algo sobre esta scooter apesar de já a ter comprado há uns três meses. Ando de mota desde os meus 14 anos, tenho 42 e sempre tive mota, nos ultimos 20 anos não fazia mais do que 600 / 700 Km por ano, a minha Sym Gts 125 Evo já vai com 950, estou fascinado pelo comportamento e versatilidade da mota, só faço basicamente cidade (Porto), tudo me agrada, principalmente o consumo, dado ter vindo de três BMW F650 nos ultimos 12 anos, arrependo-me de não ter ido para a 300. De qualquer modo não queria deixar aqui a minha opinião favorável a esta mota, obrigado.

    Artur Loureiro

    ResponderEliminar
  111. Olá Artur bem vindo a este cantinho.

    Tens toda a razão, as GTS, tanto a 125 como a 300 são excelentes. existem scooters com as mesmas cilindradas que até podem andar, mais, curvar mais, mas a nível de conforto e equipamento, são realmente imbativeis!

    Pois, visto que tens carta de moto, foi pena não teres comprado a 300i, pois a diferença a nível de andamento é notória e também ao nível do equipamento.

    Já agora como és do Porto aconselho-te a dares aqui uma olhadela:

    Clube Maxiscooters do Norte

    http://maxiscootersdonorte.livreforum.com/

    É um Clube, ainda recente, ao qual pertenço, apesar de não ser do Norte (mas adoro!)

    Fui muito bem recebido, tive o prazer de participar num evento e digo-te foi 5 *****! É como sempre digo: ninguém sabe receber como a malta do Norte!

    ResponderEliminar
  112. Olá Maria,

    Parabéns, vejo que tens bom gosto, ou não tivesses comprado uma scooter igual à minha.

    Quanto à GTS só te posso dizer, 5*****! Basta leres aqui o blogue para veres o quanto estou contente com a minha "Valentina".

    Quanto aos riscos, tenta saber no local onde a compraste, quanto te levam para pintar o que está riscado e quanto custa se comprares esse plástico! Por vezes pensamos que fica mais barato mandar pintar determinada peça da moto e no entanto, fica mais barato comprar a peça nova!

    ResponderEliminar
  113. Olá Veiga,

    Sou o Filipe, de Almada, e coloquei aqui uma questão a 17 de Junho que com o passar do tempo (regresso da chuva) se está a tornar pertinente e julgo que estás em falta para comigo, já que não houve a prometida resposta... :)

    Foi em Junho que coloquei uma questão relacionada com uma eventual fraca utilização da mota e com os cuidados a ter, nomeadamente com periodos mais ou menos prolongados de inactividade.

    Devo entretanto informar que no mês seguinte a colocar a minha questão, avancei para a compra da GTS 125cc que entretanto já tem quase 2.000 kms e até agora népia de problemas. Uma única situação que tive foi relacionada com um dos led´s das ópticas que começa por fazer mau contacto e depois apaga. Já fui contactado para aparecer no stand e substitui-lo ao abrigo da garantia.

    Como eu costumo dizer... o que distingue as boas marcas das más, não são os problemas que dão ou não, mas sim a forma como os resolvem. E o representante da marca - Red Moto - tem se portado muito bem.

    Grande Abraço
    Filipe

    ResponderEliminar
  114. Olá Veiga

    tenho uma GTS 300 tal como tu e acabei de fazer a revisão dos 3000 Kms a qual custou 63€. Gostaria de saber se este é um valor razoável? Parece-me puxadito. Vi neste teu didáctico blog - parabéns, que aconselhas as revisões de 6 mil em 6 mil kms. Onde obtiveste essa info? No meu concessionário dizem que têm de se efectuar de 3 mil em 3 mil Kms.

    Obrigado

    João

    ResponderEliminar
  115. SOU UM NOVATO NISTO DAS SCOOTERS, APESAR DA MINHA IDADE. GOSTEI DE LER E VI QUE O PESSOAL SABE DO ASSUNTO. DIGAM LÁ (MESTRES) ONDE É QUE VOU COMPRAR UM CASACO BOM PARA A CHUVA, QUE SEJA QUENTINHO, E QUE NO VERÃO SEJA FRESQUINHO ...

    ResponderEliminar
  116. Olá. A minha máquina brutal (A famosa 125 GTS)está pronta para a revisão dos 6000Kms. Pergunta: o que é que eles fazem aos 6ooo? Outra questão. A frio quando arranco nos semáforos ou logo à saída de casa a mota «afoga-se» «Amocha» parece que não tem gasolina quase que trava. Isto é normal? Assusta quando às vezes quereos «saír» e ela se balda!

    Obrigado.

    Luís Gomes.

    ResponderEliminar
  117. epá! Peço muitas desculpas, mas só agora reparei que estou em falta, neste tópico! Companheiros com algumas dúvidas e eu não respondi!!!

    Bom cá vai:

    FILIPE:

    Realmente Filipe, peço-te mil desculpas, mas tens toda a razão! Esqueci-me completamente de abrir um tópico para se falar sobre os cuidados a ter com as meninas quando não andam durante algum tempo.

    Tudo depende do tmepo que estiverme paradas.

    Dou como o exemplo o meu caso, pois a Valentina esteve parada, desde princípio de Outubro até agora e mesmo agora pouco ou nada tem andado.

    O que fiz, quando ela estava parada na oficina, enquanto me encontrava a recuperar do cotovelo partido, foi que me enchessem os pneus com a máxima pressão de ar recomendada e que a ligassem pelo menos uma vez por semana e a deixassem a trabalhar durante uns minutos.

    Depois quando a trouxe para casa e como ainda estive um +- 1 mês e tal sem andar com ela, verifiquei de novo a pressão, meti a pressão máxima recomendada pelo fabricante e depois borrifei WD 40 nas partes metálicas dela, noemadamente as que estão mais sujeitas a apanhar com chuva e humidade. Reparei que uma das protecções do escape já tinha pequenos pontos de ferrugem, assim como as bengalas das suspensões. Toca a pôr o WD40 para a proteger.
    De resto, uma vez por semana ia à garagem e punha a scooter a trabalhar durante uns minutos, dando uma aceleradela ou outra de vez em quando.

    Agora se a moto tiver de ficar parada durante muito tempo e não tiveres possibilidade de a colocares a trabalhar de vez em quando, convém desligar um dos bornes da bateria.

    No mercado existem uns aparelhos que servem para manter a carga da bateria sempre em condições durante muito tempo. Por acaso vi este aparelho na Honda, ali em Alfragide e sei que até nem achei caro.

    De resto... uma cobertura em cima dela, para não apanhar pó e evitar que a risquem ou se sentem nela...e mais nada!

    Claro que se a moto estiver parada meses a fio e depois mesmo com barteria recarregada não pegar... só um mecânico te poderá ajudar, pois existem certos procedimentos que só devem ser feitos por pessoal especializado!


    JOÃO -

    Penso que esse valor está dentro do normal, apesar de cada oficina levar o que bem lhe apetece!

    Quantos às revisões, são informações oficias. Todas as Sym de 125 para cima passaram a fazer as revisões de 6 em 6 mil km, em vez dos até agora habituais (e muito curtos!) 3 em 3 mil!

    Palmablue -

    Esta informação já deve vir muito tarde, mas... normalmente quando preciso de um casaco para andar de moto, vou aos Salgados que fica em Cascais, pois apesar de serem eles mesmo os importadores de algumas das melhores marcas, tb vendem ao público e com optimos preços. Eu pessoalmente uso BLH que é uma marca da Bering. Resumindo tens um Bering por um preço mais acessível!

    Luís -

    Quanto ao que fazem na revisão da GTS 125 nos 6000 km, não te posso ajudar, pois não sei. quando a Valentina foi à revisão dos 6000 km, apenas foi mudado o óleo e o filtro de ar, que já estava imundo. de resto foi só apertos e verificações.

    Quanto ao ir-se abaixo nos sinais, isso não é normal.

    Infelizmente algumas GTS 125 padeceram desse mal. E se em algumas era apenas o ralenti baixo, noutras verificou-se que existiam problemas no carburador e até mesmo no CDI.

    Por isso quando fores à revisão fala nisso e diz-lhes que não faz isso só ás vezes (senão não ligam ao caso!) mas sim que acontece constantemente e que até já ias tendo um acidente por causa disso! Insiste e se te disserem que isso é normal faz peixeirada, pois não é. Aconteceu em alguns casos, mecânicos dizerem que isso era normal o que não é! fazem isso apenas para não terem o trabalho de verificar o que se passa.

    ResponderEliminar
  118. Ricardo

    Boa tarde estou a pensar adquirir uma sym 125 GTS, do que li parece-me que a moto tem uma boa relação qualidade preço. Gostava no entanto de saber a opinião relativamente a consumos e preço das revisões, ainda estou a ponderar comprar nova ou em segunda mão uma vez que nem sempre a poderei utilizar para me deslocar para o trabalho devido ao material que por vezes tenho de levar. Tenho visto algumas em segunda mão e queria perceber se 20 000 Km é muito para este tipo de motas.
    Agradecia a vossa ajuda.

    Obrigado

    ResponderEliminar
  119. Boas Ricardo em relação às tua questões aqui vai:

    Consumos da GTS 125 Evo - Normalmente até aos 2/3 mil kms, gastam ligeiramente mais (motor preso), com consumos a rondarem os 3,7 L /3,8 L, isto a andar sem preocupações de consumos.

    Após os km iniciais a tendência é para baixar, para os 3,4 L /3,5 L.

    Existem companheiros que conseguem consumos a rondarem os 3 L, mas claro a rodar com algum cuidado.

    Quanto às revisões, depende sempre um pouco dos preços de cada oficina, notando-se pequenas diferenças entre umas e outras.

    Na globalidade são preços normais.

    Atenção a isto: Algumas oficinas na ansia de ganharem mais uns trocos à custa do cliente, ainda informam o cliente que as revisões, após a primeira que é sempre aos 1000 km, devem ser feitas de 3 em 3 mil km! ISTO É MENTIRA!

    Já foi assim, mas actualmente as revisões de TODAS as Sym de 125 cc para cima são efectuadas de 6 em 6 mil km!!

    Quanto aos 20 mil km, tudo depende do uso que teve! Se foram bem feitos, com uma rodagem como deve ser, revisões sempre a tempo e horas, são poucos, agora se foram feitos sem cuidado, sempre no prego, são muitos!

    Comprar usado é sempre um grande risco!

    Se puderes comprar novo nem hesites! Além da garantia de 2 anos te dar uma grande tranquilidade, o certo é que novo é novo! Ninguém mexeu, ninguém apalpou, ninguém estragou! É NOVO!

    Espero ter ajudado.

    ResponderEliminar
  120. Comprei uma Yamaha depois de ter ponderado e pedido aqui ajuda ao nosso companheiro Veiga. Acabei por decidir por uma 250 em 2ª mão, que apesar de estar com 30.000Km estava muito bem estimada e a máquina tem respondido muito bem. Tenho feito as minhas deslocações diárias, mesmo com muita chuva e apesar dos meus 130Kg e do mau tempo a máquina funciona lindamente.
    Portanto 20.000Km se tiverem sido bem feitos, pode não ser nada.
    Boas voltas

    ResponderEliminar
  121. boa noite,tou a pensar seriamente em comprar uma 125cc.e tou indeciso entre comprar uma:daelim s3,sym gts ou kymco dowttown 125? poderiam me ajudar?

    ResponderEliminar
  122. Boa noite Fernando,

    bem vindo ao GOSTOdeSCOOTERS.

    Não é fácil responder a essa pergunta, pq as três são excelentes scooters.

    A Sym GTS é uma velha conhecida e basta andar na rua para as ver a passar, não é por nada que é a segunda scooter mais vendida em Portugal, enquanto as outras duas nem fazem parte da lista das dez mais vendidas!

    Dona de um bom comportamento dinâmico, tem no conforto, segurança, fiabilidade e economia as suas grandes armas, para além de uma boa rede de assistência, existente de Norte a Sul do país. O Motor apesar de não ser a injecção, exibe um comportamento muito honesto, conseguindo manter velocidades de cruzeiro na ordem dos 100/110, com pendura. E claro as suas linhas são uma paixão á primeira vista.

    A Kymco, tb é é uma excelente scooter e tem nas suas linhas agressivas e no seu potente motor as suas armas. O motor consegue ser mais rápido que o da GTS (15 cv) e mesmo assim manter os consumos num nível baixo. Como contra, tem o conforto, ou a falta dele isto pq é uma scooter muito dura. O condutor tem menos espaço para as pernas que na GTS e o pendura além de sofrer com a suspensão rija, tb tem de lutar com uns pousa-pés nada ergonómicos.

    Quanto à S3, pouco sei sobre ela, a não ser o facto que é a mais barata das 3 e que é muito bonita e quem a tem diz que é óptima.

    Em príncipio na semana que vem, devo realizar um test-drive a uma S3 e depois escreverei aqui no blogue, as minhas impressões sobre a scooter da Daelim.

    Em relação à tua escolha, nada fácil, aconselho-te a tentares andar nas três scooters e se tal não for possível, pelo menos senta-te em cada uma delas, para lhe tomares as medidas e as "sentires".

    Espero ter ajudado

    ResponderEliminar
  123. Boa noite! Tenho uma Peugeot Vivacity 125,também paixão recente. Também gosto da GTS 125 Evo mas para início de viagem achei-a muito grande. Agora que li todas estas maravilhas sobre a scooter ainda mais apaixonada fiquei, talvez daqui a uns anos quando já tiver mais km de estrada me aventure.É mesmo bonita!É bom prestarem este tipo de informação porque ajuda a quem é novo nestas andanças. Obrigada.

    ResponderEliminar
  124. Olá Margarida

    Antes demais, obrigado por seres leitora do GOSTOdeSCOOTERS.

    Quanto á tua scooter, é excelente, só que claro, quando comparada com a GTS, torna-se que é mais limitada.

    Quanto ao tamanho da GTS, acredita que é mesmo só tamanho, pois existem muitas senhoras,algumas até de baixa estatura que possuem este modelo e não têm problemas.
    Claro que é maior e mais pesada que a tua Peugeot, mas com uns dias de prática, até te esqueces que conduzes uma scooter maior.

    Fica bem

    ResponderEliminar
  125. Boa tarde sr. Veiga, eu chamo-me Samuel e vivo em Aveiro e os pais da minha namorada compraram a GTS 125, e eu fiquei apaixonado pela moto e por motos, mais especificamente maxi-scooters, no entanto a GTS é um pouco cara, uma vez que ainda estou a estudar. Mas andei a pesquisar e vi a ZNEN 125 TF, que custa cerca de 1200€. Sabe-me dizer algo sobre esta mota?
    Cumprimentos, Samuel.

    ResponderEliminar
  126. Boas Samuel

    Antes de mais nada, deixa-me dizer-te que o "senhor" está no céu, sou apenas o veiga e aqui toda a gente se trata por tu.

    Queres um conselho, quanto a essa Zen? esquece, não te metas nisso! É mesmo daquelas chinocas muito bonitinhas, mas de qualidade muito inferior, quando comparadas com as Sym, Daelim e Kymco.
    Como andas a estudar e o guito não deve abundar por essas bandas, será sem dúvida uma má compra, pois irás muitas vezes á oficina com ela e um dia quando a quiseres vender ninguém te ficará com ela, pois não tem valor comercial nenhum, tal como muitas motos chinocas.

    Se queres um conselho, tenta arranjar7cravar/juntar mais algum dinheiro e compra, por exemplo, uma Sym Fiddle 125, esta sim uma scooter, já com muita qualidade, um desempenho muito melhor, boa assistência técnica, e quando a venderes, já tem valor como usado.
    Sei que a diferença é significativa, mas mais vale fazeres um esforço financeiro e comprares uma scooter de uma marca de qualidade e ficares bem servido, do que optares por uma mais barata e depois é que são elas.

    Tenta também o mercado de usados, pois já vão aparecendo alguns Fiddles e outras, quase novas, ainda com garantia e a preços bem interessantes.

    Depois diz o que compraste.

    Já agora e visto que és do Norte, porque não te fazes membro do Clube de Maxiscooters do Norte?

    O site é este:

    http://maxiscootersdonorte.livreforum.com/

    Entra no site, regista-te, depois faz a tua apresentação no local devido e participa! vais encontrar muita informação sobre tudo o que seja scooters e não só. habitualmente realizam-se aos sábados, encontros da malta do CMN.

    Repara, sou de Lisboa, mas sou membro activo dete Clube.

    Depois diz alguma coisa

    ResponderEliminar
  127. Acabei de ver no Autosapo um anúncio para venda de uma GTS 300i, ilustrada com a foto que encabeça este tópico, com a GTS da JCG Motos em destaque.
    Fiz uma denúncia, após a qual o anúncio foi apagado. Mas não evita que possa voltar a acontecer...
    Achei que devia informar-te desta situação.
    Boas curvas.

    ResponderEliminar
  128. ola, veiga.
    gostava de saber se a sym gts 125 traz de origem algum tipo de bloqueio de escape ou de variador, e se tem gostava de saber se é possivel tira-lo. obrigado

    ResponderEliminar
  129. Boas Carlujo

    Epá, desculpa só agora responder, mas tenho tido uns dias complicados e nem tempo para vir aqui tenho!

    Agradeço que tenhas denunciado de imediato essa situação o que obrigou ao imediato apagar do anúncio!

    Infelizmente essas situações são mais frequentes do que pensamos, mas acontecm, isto tudo porque existem filhos da puta que não olham, a meios para atingir fins!

    Enfim...

    ResponderEliminar
  130. Quanto ao saber se a GTS 125 tem algum tipo de bloqueio, penso que não, mas mesmo que tenha, a retirada dessas "peça" irá apenas fazer com que se diga "adeus" á garantia e irá por certo contribuir para uma diminuição da fiabilidade do motor!

    ResponderEliminar
  131. Boas, acabei por comprar uma Sym 125 GTS nova, achei que pela diferença de preço que pedem por uma em 2ª mão não compensa o risco. A mota é muito bonita, preto mate, ainda não tive oportunidade de andar muito mas parece-me uma mota muito equilibrada. Consegui por 3100 euros + Documentos e o stand ainda me ofereceu 300 euros em equipamento. Obrigado pelo conselho e se tiver alguma duvida agradecia os vossos conselhos uma vez que têm mais experiência que eu a tratar destas meninas.

    Obrigado

    ResponderEliminar
  132. Olá Ricardo, obrigado por seres leitor deste cantinho.

    Parabéns pela compra, pois não tenhas dúvidas, a Sym GTS 125 Evo é uma excelente scooter e como tu muito bem disseste, provavelmente é a scooter mais equilibrada da classe.

    Sempre que tiveres alguma dúvida ou quiseres partilhar alguma informação sobre a tua GTS, força!


    Agora toca a fazer uma rodagem com muito cuidadinho (eu sei, andar de vagar custa!) para ficares com o motor certinho, sem gastar óleo e pronto a fazer muitos milhares de quilómetros.

    ResponderEliminar
  133. Boa noite Veiga, só recentemente circulei com a minha Sym 125 Gts de noite e reparei que os médio só ligam no farol do lado esquerdo e os máximos no do lado direito. É mesmo assim? ou devo de ter ali alguma coisa avariada?
    Desculpem a pergunta mas sou novo nestas coisas.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  134. Boa tarde! Também comprei uma sym gts 125. Estou bastante satisfeito, superou sem dúvida as minhas expectativas. Gostaria de colocar uma questão, que é a seguinte: qual a gasolina aconselhável, 95 ou 98? Desde já agradeço qualquer esclarecimento. Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  135. Olá Ricardo, todas as dúvida são bem-vindas, pois é para isso que este blogue serve e assim vamos ajudando-nos uns aos outros.

    Em relação ás luzes da tua GTS, não te preocupes, é mesmo assim.

    A maioria das marcas foram obrigadas a optar por ter só uma óptica acesa com os médios e a outra com os máximos, porque em alguns paises, não é permitido o uso de duas ópticas acesas ao mesmo tempo nos veículos de duas rodas.

    Alguns tugas resolveram, muito estupidamente, ligar as luzes das duas ópticas ao mesmo tempo, esquecendo-se que o espelho da óptica dos máximos está feita para ser um espelho de máximos e não de médios! O resultado é ver esses idiotas a encandearem tudo o que circula no sentido contrário, porque levam os médios acesos e também os máximos, já para não falar no maior desgaste que as duas lampadas acesas ao mesmo tempo, provocam no sistema eléctrico, nomeadamente desgaste prematuro da bateria, etc, ewtc.

    Se vem de fábrica assim, é para ficar assim, esse é o meu lema e não me tenho dado nada mal em segui-lo.

    Quanto ao anónimo (não percebo pq não se identificam...), parab´nes pela compra da tua GTS 125 Evo. É sem dúvida uma excelente scooter, e apesar de ter grandes adversárias, penso que é aquela que mais satifaz. conforto, segurança, espaço de bagagem, equipamento, tem tudo o que se quer.

    Quanto às gasolinas, eu uso quase sempre a 85. Só uso a 98, quando vou em viagem e isto somente pq a 98, possuí uns componentes que são "detergentes" e servem para "limpar" o motor.

    Normalmente, de vez em quando faço um ou dois depósitos de 98, mas se não fizer, não faz mal nenhum!

    Falando especificamente da minha GTS 300 quando coloco a 98, noto o motor a rodar mais silencioso e tb uma melhor passagem das médias para altas rotações.

    Evito acima de tudo é abastecer em bombas de gasolina de marcas que não conheço. Pode ser uma mania mas... mais vale prevenir do que remediar.

    ResponderEliminar
  136. Boa tarde,
    Antes de mais, quero agradecer o esclarecimento dado, aproveito também o momento para o felicitar pelo blog, sem dúvida um espaço bastante agradável/útil para visitar.

    ResponderEliminar
  137. ola sou do algarve mais concreto de vrsa e é so para vos dizer que tb comprei uma sym gts evo 125 e aquilo é do melhor pessoal. nao é mota para andar mt mas é maravilhosa lol... estou super contente um abraço...

    ResponderEliminar
  138. Para a cilindrada que tem a GTS 125 Evo, portar-se muito bem, pois não nos podemos esquecer que temos um motor pequeno, a puxar por uma moto bastante grande e pesada e mesmo assim não nos deixa ficar mal.

    Claro que existem scooters que andam mais e que são mais rápidas no arranque mas mais confortáveis, tenho as minhas dúvidas, a não ser a Honda S-Wing 125, muito mais cara, mas também com um design...mais estranho.

    ResponderEliminar
  139. ola boa noite. também comprei uma gts 125 evo recentemente e estou bastante contente com a minha bichinha gostaria só de saber qual a velocidade que tenho que andar na rodagem.desculpem a pergunta pois sou novo nestas andanças pedia o favor de me dizerem alguma coisa obrigado.

    ResponderEliminar
  140. Ola pessoal eu tb tenho uma GTS 125 EVO e gostaria de saber se há algum kit de piscas há venda para colocar na traseira dos espelhos retrovisores, ou se da para fezer isso e ja agora se é mt caro. Um abraço...

    ResponderEliminar
  141. Antonio henriques
    acabei de comprar gts 125 gripada onde poderei arranjar um motor mesmo em segunda mao obrigado

    ResponderEliminar
  142. Eu estou a espera do registo de matricula da minha
    gts 125 evo, estou com nervoso miudinho é a primeira vez que vou ter moto.
    Conselho para andar no muito do transito de LX, alguém tem

    ResponderEliminar
  143. quantos aos piscas nos espelho, não sei se existe algum kit que se possa comprar, pelo menos cá. Tenta na net a ver se te safas.

    António Henriques em relação à tua questão, penso que vai ser muito difícil encontrares um motor usado da GTS a não ser de alguma scooter que tivesse tido um acidente e fosse dada como perda total. eu se fosse a ti experimentava colocar anúncio no OLX/custojusto/ e também procurar nestes sites, pois nunca se sabe.

    Pois é...esse nervoso miudinho é f****, mas ao mesmo tempo tão bom.

    O melhor conselho que te posso dar par aandares em Lisboa, é primeiro habituares-te bem à scooter, andando um bocado em zonas de pouco movimento e depois fazeres o teu habitual percurso em cidade mas sem ser em hora de ponta, para veres como te sentes e depois então toca a andar, sempre com muito cuidado e na dúvida, nunca arrisques e vais ver que daqui a meia dúzia de dias, já andas normalmente, sem preocupações.

    ResponderEliminar
  144. Conselho para andar em Lisboa... Não confies em nada. Nunca andes em paralelo com a porta de trás dos carros. Passa ou atrasa-te porque geralmente é o ponto morto dos espelhos. Cuidado com o empedrado. Anda sempre atrás de uma outra moto ou scooter do lado contrário, ou seja, se ele estiver mais à direita na faixa, coloca-te do lado esquerdo uns metros atrás. Se a outra moto estiver mais ao centro da via coloca-te do lado mais à direita. Se não tiveres alternativa e tiveres de ir mesmo atrás dele, muita atenção a uma travagem brusca que o da frente tenha de fazer... Eu já ia batendo assim. Ah... e deixa sempre os mais rápidos que tu passar. Os mais lentos fazem-te o mesmo.
    Boas voltas e boa sorte com a tua nova scooter.

    ResponderEliminar
  145. Sem dúvida óptimos conselhos.

    A estes acrescento ainda as passadeiras, pois existem peões que se atiram literalmente para a passadeira borrifando-se se vem lá algum veículo ou não.

    A ter em conta também, as listas das passadeiras e marcações, pois escorregam como o caraças, e ainda mais quando o piso está molhado e o mesmo se passa com os carris dos eléctricos, que são perigosos tanto no molhado como no seco!

    Acima de tudo, TODO O CUIDADO É POUCO!!

    E baixar as defesas, normalmente significa...chão!

    ResponderEliminar
  146. Muito obrigado pelos vossos conselhos de certo que me iram ajudar imenso.
    Em principio Quarta devo a ir buscar, depois conto como foi a minha primeira vez hehehehe :-)

    ResponderEliminar
  147. Quero agradecer ao autor deste blog, pelo excelente serviço público que está a desempenhar. Sou um motociclista maçarico, habituado a andar de scooter 50cc (Yamaha Neo's). De repente, ontem aconteceu o que já há muito tinha em mente e comprei uma SYM 125cc GTS EVO. Amanhã vou buscá-la e estou um pouco expectante e também com o nervoso miudinho conforme já li antes.
    Gostaria de uma dica, no sentido de como curvar com estas scooters, uma vez que não tenho prática de uma moto maior e mais pesada.
    Vale a pena visitar este blog e repito, os meus sinceros agradecimentos pela quantidade de informação aqui dada. Abraço ao pessoal das duas rodas ;)

    ResponderEliminar
  148. Ok vamos rir um pouco.

    Já tenho a minha EVO linda linda, como é a primeira vez que vou andar de moto pedi que me fossem levar a dita a casa.
    Até ai.. o problema foi depois sozinho tentar tirar a maquina da garagem LOL

    Desespero e medo de deixar cair um investimento que custou a pagar, não me deu a confiança necessária para a tirar da garagem, bastava virar um pouco o volante e sentia que perdia o controlo devido ao seu peso.

    Nova tentativa amanha ;(

    ResponderEliminar
  149. companheiros, não têm nada de agradecer, pois lá diz o ditado "quem corre por gosto..."

    Quanto ao companheiro que não conseguiu tirar a GTS da garagem, o meu conselho é que a tires à mão sozinho, ou com ajuda de alguém e que depois comeces a praticar num sítio plano, com bom piso e sem trânsito. Ao fim de 15 minutos vais ver que já andas com ela facilmente. Não comeces pelo mais difícil que é tirá-la da garagem, pois sei como algumas garagens são "manhosas"

    Treinas uma, duas, ou mais vezes até ganhares confiança e depois vais ver que pô-la ou tirá-la da garagem é brincadeira de crianças.

    Depois conta-nos como correram as coisas!

    ResponderEliminar
  150. No entanto se mesmo assim não te sentires confiante e se fores da zona de Lisboa, avisa, pois tentarei dar-te uma ajudinha pessoalmente. Combinamos um dia e vais ver que é fácil!

    ResponderEliminar
  151. Dia 2 :)

    Segui o teu conselho Veiga, e pedi para me ajudarem a tirar a maquina da maldita garagem.

    Depois de 30min com alguém mais experiente, lá fui eu para o meio do transito e já fiz 24Km

    Deviam ter visto o sorriso de orelha a orelha quando cheguei a casa :)

    Amanha LX com ela, agora não se pode parar.

    Agradeço a todos os conselhos que me deram e como se propuseram a me ajudar, foi também graças a este forum que me decidi pela SYM GTS 125 EVO por tudo isto muito obrigado e vemo-nos na estrada :)

    ResponderEliminar
  152. Assim é que é!

    Afinal é fácil, não é?

    Parabéns!

    Agora é com toda a calma do mundo fazeres o caminho par o trabalho e vice-versa.

    Estou a ver que tenho de começar a marcar umas passeatas!

    ResponderEliminar
  153. Boa tarde a todos,

    Antes de mais quero felicitar e agradecer ao autor deste fantástico blogue pelo serviço "público" que está a fazer. E este blogue foi o grande incentivo para eu avançar para a compra da minha GTS 125.

    Hoje lá me decidi e fui comprar a minha "menina"... Amanhã ou depois vou buscá-la e vamos lá ver como corre.

    Sou novato nas duas rodas e não sei bem como vou levar a dita até a casa, mas amanhã vê-se. Vou seguir os vossos conselhos e rezar para que não chova. :)

    Depois de a ir buscar volto a postar aqui.

    Um Abraço a todos.

    ResponderEliminar
  154. Não és tu que me felicitas, mas sim eu que te felicito.

    Parabéns pela "menina".


    isso agora quer é fazer km, nas calminhas, para fazer a rodagem e também para tu ganhares calo.

    ora como a vais levar para casa? Fácil, ligas o motor, aceleras devagrinho e lá vais tu todo contente. Vais ver que antes de ires para casa, ainda vais dar umas voltinhas e que nem vais dormir bem, a pensar que já tens a tua GTS na garagem!

    Amanhã vai estar um dia cheio de sol e muito calor, por isso força!

    Depois diz-nos como é que foi a tu "primeira vez". Não precisas de contar todos os "pormenores", né? lolol

    vai correr tudo bem!

    ResponderEliminar
  155. Bons dias aqui do Jovem,

    Já tenho uma semana a andar de mota, desde a peripécia de não a tirar da garagem a evolução foi grande hehehe 200Km já feito :-)

    Agora só uma pergunta, no manual da mota diz la revisão aos 300Km, o bacano do Stand disse aos 500Km, que fazer?

    Outra coisa gasolina 95 ou 98, alguma diferença?

    Já agora, os pneus de origem desta maquina são bons para piso seco e molhado?

    Bem agora vou para Setúbal com a minha menina inté já pessoal

    ResponderEliminar
  156. Olá a todos novamente!!

    Não consegui ir ontem buscar a minha menina, mas fui hoje de manhã. :):):)

    Estava uma linda manhã de sol e eu não conseguia aguentar mais a espera. Foi pena o vento que estava forte (para quem não está habituado a andar de mota), e o facto de ter que andar a 70/80 km/h na CRIL... que tédio... Só me apetecia virar o punho todo e ir até onde ela fosse.... mas já sei que não posso, na rodagem tem de ser devagarinho... Bem, desta forma não volto tão depressa ás vias rápidas pois para a rdagenm são um verdadeiro inferno... vou optar por estradas alternativas...

    Já fiz os meus primeiros 13,5km e estou ansioso que chegue o fim do dia, para dar mais umas voltinhas... :)

    Bom, vou voltar em breve para deixar aqui mais uns comentários.

    Um Abraço e boas curvas a todos.

    ResponderEliminar
  157. Mais uma vez aqui esta o maçarico :-)

    Epa depois de uma semana de aprendizagem intensiva e de estar a evoluir favoravelmente, ganhei coragem de levar a mulher a pendura.

    A mulher nos seus tempos de juventude já andou a pendura, por isso penso que aqui o problema deve ser meu.

    Perco o equilíbrio da mota quando esta arranca ou para, ou se tento manobrar entre o transito...
    Quando já estou a rolar, a coisa até corre bem.

    Help!!!!

    ResponderEliminar
  158. Boas,

    Tudo vai ao lugar com a prática.

    Procura um local sem trânsito e pratica os arranques, com pendura.

    Provavelmente estás a dar a mesma aceleração com pendura, que dás quando andas sozinho e por isso a scooter leva mais tempo a arrancar e perdes o equilíbrio.

    Como em tudo, o praticar é sempre a melhor forma de ganhares experiência e vais ver que daqui a uns tempos vai ser para ti indiferente andares a solo ou com pendura.

    ResponderEliminar
  159. Ops, já me esquecia, como está a pressão dos pneus? É muito importante veres se está na pressão certa para andares com dois, pois basta isto para dificultar ainda mais.

    Tudo pode dificultar, até mesmo pneus com pressão indevida.

    ResponderEliminar
  160. Pois é Bruno, os primeiros 1000 km custam à brava a pensar, mas depois vais ver que compensa o facto de teres feito uma rodagem como deve ser, pois de futuro não irá dar problemas.

    Como diz um amigo meu, "primeiro o sofrimento, depois o prazer!" lolol

    ResponderEliminar
  161. pressão! Isso é o que mesmo? hehehehe

    Agora a serio, epa não sei, esta como veio do stand
    já passei os olhos pelo manual, mas não entendi muito da cena, aquilo não vem com valores em psi grrrr, como o vi no final do dia se calhar até esta e não dei conta.
    Na tua grande sabedoria qual a melhor pressão para fazer um misto solo, pendura?

    ResponderEliminar
  162. Boas Veigas,

    Estas interessado em fazer um Website só para scooter?
    Estou trabalho na área, e penso que tinha a sua graça

    ResponderEliminar
  163. Boas

    Não é nada que eu já não tivesse pensado. Aliás tenho muitas ideias e pouco ou nenhum tempo para as realizar e também pouco t€mpo.

    Não se se sabes, mas este blogue também tem um fórum, só que por manifesta falta de tempo está parado.

    Seria muito interessante nesta altura o fórum começar a bulir, pois existe muita procura de informação e num fórum muito mais facilmente nos ajudamos uns aos outros, pois enquanto aqui apenas comunicam comigo, no fórum comunicamos entre todos.

    Mas é como te digo, ando actualmente com um projecto em mãos e enquanto não o terminar, não posso pegar em mais nada.

    Mas obrigado na mesma pela sugestão.

    ResponderEliminar
  164. VIVA VEIGA!Chamo-me Jaime, tenho 47,sou do Norte(carago!...)e nunca tendo andado de moto,comprei há dois dias(só dois...)a SYM SE125i GTS EVO!!!!(zérinho Kms) :-)) transbordo alegria! Para alem de ser mesmo muito bonita É FA BU LO SA!!!! acho que me estou a adaptar lindamente, embora tendo muuuuito que aprender.
    Vi este teu blogue e achei fantástico o apoio e dicas que forneces. Muitos parabéns. Gostaria de participar, mas como inda sou maçarico nestas coisas peço desde já desculpa por algum lapso que cometa(prometo que vou tentar assinar este comentário).Gostaria desde já tirar uma dúvida. Quando vou a 50/55Kms/h as rotações andam pelas 6000/6500. é normal?? Também só tenho 40Kms feitos e ainda não passei dos 65.
    Um grande abraço e até breve.
    Jaime Silva (Roockie)

    ResponderEliminar
  165. desculpa mas não assinei. aqui vai

    ResponderEliminar
  166. Boa Jaime,

    Fico sempre feliz quando vejo alguém satisfeito com a moto/scooter que comprou, independentemente da marca, modelo ou cilindrada.

    Em relação às rotações, é mesmo assim. No entanto com o aumentar da quilometragem a relação rotações versus velocidade, vai mudar , mas pouco.
    Sei que faz confusão, principalmente a quem até agora apenas conduziu, carro, olhar para o conta-rotações de uma 125 e ver tanta rotação para tão pouca velocidade, mas é mesmo assim.

    Desde que não excedas o limite das rotações do motor, ou desde que não andes sempre no red line, tens motor para muitos km sem problemas.

    ResponderEliminar
  167. Boas;sou o Paulo Monteiro de vila do Conde e estou mortinho por trocar a minha velhinha (14anos) Neos por uma Sym 125GTS EVO,faço cerca de 40kms por dia e a andar a 60km/h é dose.Penso que a Sym GTS custa cerca de 2000€?E neste momento é dificil adequirir uma por isso vou vendo os comentarios.No dia que comprar a minha linda informo-vos em 1a mão.

    ResponderEliminar
  168. Boa noite a todos!
    Estou interessado em comprar uma scooter e andei a ver a Sym GTS 125 EVO nos Stands assim como a pesquisar na net, uma vez que nunca tive nemhuma e não percebo nada do assunto! Gostaria de saber a vossa opinião sobre esta scooter tendo em conta que é para andar cerca 150 km/dia (faça chuva ou sol)e se suporta esta pedalada por 3 anos? ou se é preferível a GTS 300 EVO? É que procuro uma scooter fiável que tenha um preço acessível e que aguente com "saúde" razoável pelo menos durante o tempo que tenho de a pagar! Não sei se interessa, mas tenho 90 kg e 1,85 m!
    Obrigado
    Abraço

    ResponderEliminar
  169. Boa o meu nome é Ricardo
    Estou seria mente em comprar uma moto, mas gostaria que me ajudem se no que se trata em km e consumos, pois nao sei nada disso, faço 14km para ir trabalhar e mais 14km para voltar e praticamente em apenas duas retas ou seja sempre andar...que me aconselham neste caso??? Tendo em conta o preco. E ja aghora qual os consumos da Sym GTS 125 e velocidade alcansavel.
    Estaotimo este blog, parabens, gostei muito e dicas muito boas.....
    Comprimentos a todos

    ResponderEliminar
  170. Olá Ricardo.

    Normalmente isso é o que a malta diz, só quer a moto para ir trabalhar e voltar. O pior é depois, gostamos tanto que até damos por nós a arranjar motivos para irmos andar de moto, nem que seja apenas pelo prazer de... andar de moto!

    Se comprares a GTS, ficas com uma excelente scooter, tanto para ires trabalhar, assim como para viajar, mesmo com pendura e carga. Claro que é e será sempre uma 125, mas bastante confortável e fiável.

    Quanto aos consumos, sobre a GTS com injecção, ainda não tenho feedback nenhuma, mas sobre a GTS a carburador, o consumo anda à volta dos 3,5 L.

    Penso que a GTS 125i poderá gastar ligeiramente menos, mas é como disse por enquanto ainda não tenho informação sobre isso. O que me foi dito por um companheiro que tem uma GTS a carburador, é que a subir, a GTS 125, foge (devagarinho) da GTS a carburador.

    Quanto a velocidade máxima, 120 km/h.

    ResponderEliminar
  171. boas noites sou motard tive um acidente e parti a clavicula a minha GTS1000 e muito pesada ja nao posso andar nela mas como nao posso ficar sem moto vou comprar uma sym nao gostava ate andar numa adorei por isso tenho de ter uma mas a GTS amigos saudacoes motards peres

    ResponderEliminar
  172. Boa noite, chamo-me Gonçalo e vou comprar uma scooter 125. Por isso precisava de uma ajudinha para resolver um grande dilema que eu tenho entre a compra de 2 motas... hei-de comprar uma sym gts evo abril-2010 com 14000km? ou uma honda pcx nova? a minha utilização é de cerca de 45 km diarios em estrada nacional + 3km em cidade.
    Obrigado e cumprimentos,
    Gonçalo.

    ResponderEliminar
  173. Boas Gonçalo.

    Claro que a compra de uma moto nova é sempre melhor que uma moto usada.

    No entanto tens de levar em conta que estás a comparar duas motos que não são comparáveis. Uma é citadina e a outra, uma GT.

    ResponderEliminar
  174. Olá companheiro Peres

    Pois é, infelizmente as motos t~em esse lado mau... falo por experiência própria, mas vais ver que te vais divertir muito com a GTS e se fores como eu, vais ver que ficas fã do conceito scooter tal como eu fiquei. Andam mais devagar é certo, mas apreciamos as viagens de outra forma, com mais calma.

    ResponderEliminar
  175. obrigado Veiga,
    gostava no entanto que me disse-se se acha que os 14000kms são mts para a sym, sff.

    obrigado e cumprimentos

    ResponderEliminar
  176. Boas Gonçalo

    Não, esses kms não são muitos se a moto tiver sido estimada e se as revisões foram todas feitas a tempo e horas. A moto deve ter o livrinho das revisões. Se não tiver, esquece essa moto.

    ResponderEliminar
  177. Boas, tenho a minha Sym Gts 125 EVO desde de 10/2010, já fiz 2 revisões com ela e nunca me deram livro de Revisões na CascaisWay e já tem por volta de 5000 km.

    ResponderEliminar
  178. Olá Jorge, se não te deram o livro das revisões, estão a falhar. O livro de revisões deve sempre acompanhar a moto desde o primeiro dia.

    Imagina que vais de viagem e tens um problema grave no motor! Como é que podes provar que as revisões foram feitas a tempo e horas se não tens como prová-lo?

    E quando quiseres vender a moto? Como vais provar a quem compra, que fizeste as revisões todas, sempre nos concessionários oficiais da marca?

    Não peças, EXIGE! É dever deles entregarem-te o livro de revisões o mais rapidamente possível. Se te derem alguma desculpa, liga para a Sym e faz queixa!

    Se a situação continuar, livrinho de reclamações!

    ResponderEliminar
  179. Obrigado pela explicação, tenho as facturas das revisões para provar que foi lá que fiz as revisões, mas sendo assim também vou lá exigir o livro das revisões...
    Outra questão, a minha moto já não pega de botão tenho que dar ao pedal para pegar, a última revisão dos 3 mil km disseram me que a bateria já não tinha garantia, o qual a SYM apresentou apenas de 6 meses de garantia para as baterias, agora tenho dúvidas se será da bateria ou do alternador...

    ResponderEliminar
  180. Pois...

    A história das baterias é sempre complicada.

    O melhor que podes fazer é entrar em contacto com a Sym e expôr o teu caso.

    Sinceramente não sei até que ponto é legal só darem 6 meses de garantia por uma bateria!

    Se eu for comprar uma bateria nova, não terá ela 2 anos de garantia, tal como tudo o que se compra??

    Algo está errado aqui....

    ResponderEliminar
  181. Boas.

    Chamo-me Hugo e desde já dou-te os meus parabéns pelo blog.

    Em relação à minha dúvida, visto que moro numa grande cidade e dado ao consumo do meu carro ando a pensar adquirir uma Sym GTS 125. Sendo ela uma 125, até que ponto se torna fiável e confortável em viagens mais longas visto que costumo várias vezes fazer viagens de cerca de 400km.

    Obrigado

    ResponderEliminar
  182. Boas Hugo, bem vindo.

    Uma 125 pode fazer a viagem que quiseres desde que respeites as suas limitações.


    Já fiz viagens grandes de 125 e até de 50 e nunca fiquei apeado.

    Existe malta que até já fez Lisboa-Madrid e regresso, de 125, GTS incluída.

    Quanto ao conforto, a par com a S-Wing 125 da Honda, a GTS é das mais confortáveis do mercado.

    Fiabilidade? Andam aí algumas GTS que já superaram os 40 mil km e até conheço uma de um estafeta (provavelmente a 1ª GTS em Portugal) que já deve estar muito perto dos 90 mil km!

    Claro que devido à baixa velocidade tens de ter paciência mas com calma vais a todo o lado, assim o queiras!

    ResponderEliminar
  183. boas

    estou em vias de mudar de serviço, para um local onde o estacionamento é a pagantes (qd há).

    já vi piaggio, honda pcx, sym 125/300 gts e outras chinesas k pus logo de lado pelo material ser "chines" :D

    Até agora a k me encheu mais o olho foi a sym.

    Mas ainda falta ver outras marcas... tipo kymco k tb dizem bem.

    Tenho carta de mota, por isso a cilindrada n é problema.... mas os € são :) até pk inicialmente pensei em comprar usada, para mais tarde poder vender sem perder mto (isto pk mais mês, menos mês mudarei para outro local de trabalho onde tenho estacionamento).

    Os kms k irei fazer serão à volta de 30 em cidade... mas tb gostava de poder dar voltas maiores sem ter problemas.

    Que aconselham???

    Obrigado

    Ricardo

    ResponderEliminar
  184. Se a carta não é problema, então atira-te para uma GTS 300i Evo, como a minha. Vai a todas como podes ler neste blogue.

    Gasta tanto como uma 125, atinge 140 em recta, corta aos 150, é confortável, segura (tem CBS), grande equipamento (é a única do mercado com luzes de neoveiro!) e extremamente fiável, como podes ver pela minha que já tem 36 mil km e...nem uma lâmpada lhe mudei!!!!!

    ResponderEliminar
  185. boas

    hoje estive a ver uma yamaha x-max 125/250
    - 125 = 4375€ chave na mao com oferta de capacete modular, cadeado, seguro de r. civil por 1 ano e luvas
    - 250 = 4950€+250€(documentação)
    vi tb uma aprilia Atlantic 125 por 3390€+250 (documentação)
    Piaggio x evo 125 = 3912€

    Quanto às Sym, os preço k me deram no outro dia foram:
    GTS 125 = 3199+228 com 300€ em ofertas ou redução de 250€ no valor total da mota
    GTS 300 = 4349+228 com 400€ em ofertas ou redução de 350 no valor total da mota.

    para kem keria gastar uns simples 1000€ numa usada, acho k me estou a esticar... LOLOL

    com estes valores k me aconselham??? eu sei k com o dinheiro dos outros é fácil comprar... mas imaginem k vos vai sair do bolso... LOLOL

    Os meus agradecimentos...

    Bom blogue

    ResponderEliminar
  186. Boas, sou o Carlos e comprei uma GTS 125i EVO cinza no dia 01/07 por 3420€ com documentação e dois capacetes.
    Posso dizer que com o primeiro depósito fez uma média de 3,2L/100km no segundo 3L/100KM e nao tenho sido nada brando com ela.
    Fiquei surpreendido com o seu andamento com 2 ocupantes mesmo a subir, visto que eu peso 100 Kg e a minha namorada 90 Kg, digo isto porque quando comecei a puxar mais por ela só comigo em cima fiquei um bocadinho decepcionado com o seu "disparo", mas agora com 700 km está mais rápida.
    Ao passar em paralelo sinto uma ligeira batida na coluna de direcção como se estivesse desapertada, e a parte da frente vibra muito criando uns ruidos estranhos como se o painel de instrumentos e a parte inferior se fossem desmontar-se. Com a scooter no descanso central acelerando percebo logo que a roda traseira está muito desequilibrada, criando uma vibração enorme, o que se nota muito logo que rodo acima dos 60/70km/h. De resto está excelente em conforto, desempenho em curva, etc...o carro agora está sempre na garagem só ando de moto.
    Já agora li na revista MOTOCICLISMO que a GTS 125i faz uma média de 2,6L/100Km (valores de fabricante), a 50 Km/h 2,3L e a 100Km/h 3,2L.
    Estou com ideias de tirar a categoria A, visto que só tenho a A1 e agora que tenho o bichinho a roer estou tentado a comprar a MAXSYM 400i ou então KYMCO XCITING 500i.
    O bichinho
    Um abraço.
    Carlos Faria
    Barcelos

    ResponderEliminar
  187. Antes de mais e de tudo gostava de agradeçer , e feliçitar este magnifico blogue parabens por este magnifico trabalho , mas agora gostaria de uma ajuda de todos se possivel adoro estas novas maxi scooters e tou mesmo prestes a comprar uma a minha duvida e entre a DAELIM S2 ,DAELIM S3 OU A SYM GTS eu inclino mais para a DAELIM S2 gosto muito da estetica (preço) a sym gts 125 gts e linda o preçooooooooooooooo deixa a desejar um bocado entre estas as tres qual comprariam , e so mais uma pergunta sera fiavel comprar na norauto ex revisoes , assistençia apos venda ,etc etc etc ,,,,) ou seria melhor comprar num concessionario de motos ja agora sou de braga e gostaria antes de acabar o verao de subir o BOM JESUS na minha nova maxi scooter e ver Braga por um canudo lol...... abraço a todos

    ResponderEliminar
  188. Olá,boa tarde sou o Bruno Ribeiro.Eu hoje foi ao stand Antero& filhos nos carvalhos e comprei uma Sym 125i GTS EVO branca.
    preço final 3.199 euros com oferta da documentação, e oferta de 60 euros para comprar um capacete a escolha mais 20% de desconto.
    Escolhi o X modular da GIVI que custa 230 euros.mas com o desconto ficou por 132 euros.
    Pedi para trocar os pneus maxxis por bridgestone e a diferença era de 24 euros o que foi oferecido a diferença
    Portanto scooter e capacete preço final da compra 3.332 euros.
    O que acham,fiz bom negocio.obrigado.

    ResponderEliminar
  189. boas

    Carlos F. - Obrigado por partilhares connosco a tua experiencia com a GTS 125, é sempre bom ouvirmos várias opiniões antes de efectuarmos algum negócio destes... O que tenho lido, vai tudo no mesmo sentido... qd começamos com a 125, rapidamente keremos outros modelos mais potentes... ehehehehe

    Boa sorte com a tua menina :)

    Paulo - Eu na minha modesta opinião, gosto mais da GTS 125... mas é bem mais cara e por vezes os Euros falam mais alto ;)
    mas as Daelim n me parecem más em termos de material... haverá alguém mais habilitado k eu para falar nela.
    Eu segui a orientação aki do Viegas e inscrevi-me no site da Maxi Scooter de Portugal e tirei algumas duvidas... ou ainda ganhei mais algumas... LOLOLOL
    fica aki o site... inscreve-te e perde um bocado a ler o k se diz por lá.

    www.maxiscootersportugal.com

    boa sorte na escolha

    Obrigado a todos

    ResponderEliminar
  190. Bruno, essa troca de pneus foi a melhor coisa que podias ter feito!

    Quanto ao negócio, penso que foi óptimo.

    Agora é só curtir!

    ResponderEliminar
  191. Ricardo, quanto ao site que apresentas para se procurar informação sobre scooter 125, esse não é sem dúvida nenhuma, o melhor!

    Os melhores são estes:

    http://moto125cc.forumotion.com/

    e

    http://www.clubemaxiscootersdonorte.com/


    Ainda te podia recomendar outro, do que fui um dos fundadores, mas como pelo que me foi dito aquilo anda pelas horas da amargura, sinceramente e com muita pena minha, não o posso recomendar.

    Nestes dois, dos quais sou membro, encontrarás muita informação sobre scooters/motos assim como imensos tópicos sobre equipamento, condução, mecânica, segurança, etc.

    Faz o registo em qualquer um deles (ou nos dois), é à borlix, entra, faz a tua apresentação e participa.

    ResponderEliminar
  192. Viva.
    Já existe conclusões entre GTS e GTS de injecção?

    Sousal.

    ResponderEliminar
  193. No site da SYM.PT, vem em destaque a SYM 125 GTS EVOi, com campanha de verão, preço: 4.199, isto é correcto?

    ResponderEliminar
  194. Boas Sousal

    As conclusões, a que pelo menos eu chego, depois de ter andando nas duas, é que, sem dúvida, vale a pena o investimento na GTS 125i Evo CBS.

    A GTS a injecção, gasta ligeiramente menos, o motor tem um comportamento mais suave, menos vibrações, sobe de rotação com maior facilidade e principalmente é mais segura, por causa do sistema de travagem combinada, o CBS.

    A acrescentar ainda que polui menos e que em caso de venda em 2ª mão, tem sempre mais valor o modelo mais recente, a injecção, que o anterior a carburador.



    Quanto ao anónimo que questionou o valor pedido pela GTS, repare que esse preço de promoção é para a GTS 300i Evo e não para a GTS 125.

    Seria muito caro, não?

    ResponderEliminar
  195. Viva
    Antes de mais os meus parabéns pelo blog.
    Nunca tinha andado de moto e há um mês adquiri uma GTS 125 Evo em segunda mão com 150 km e estou muito satisfeito. Adaptei-me logo à moto. Todos os dias apetece-me dar uma volta, mesmo sem qualquer motivo. Vou sempre para o trabalho (60 km), mas já estou a pensar que quando chover tenho que a deixar na garagem para ir de carro. Vou agora fazer a primeira revisão dos 1000 km e gostava de ir a uma oficina onde tratassem bem a menina. Onde é que me aconselham a ir?
    Abraço
    José Augusto

    ResponderEliminar
  196. Boa Tarde,

    Meu nome é Daniel e quero desde já agradeçer ao moderador deste blog pois está muito elucidativo e esclarecedor!

    Eu neste momento estou a procura de uma scooter 125 e gostaria de perceber um pouco mais sobre este fabricante SYM pois confesso que só conheçi esse fabricante a pouco quando fui a um stand e vi lá uma a venda.

    De onde é o fabricante? e ja estão a muito tempo no mercado? Fui ao site deles mas a informação que lá tem, nesse aspectom é muito pouca.

    Existe em portugal um fabricante, ou seja, consigo levar a mota a fazer revisões a marca?
    No caso de não haver onde aconselham a fazer a revisão?

    As motos / acessórios são de boa qualidade?

    No caso de uma futura venda, será uma moto com saida no mercado?

    Compensará mais adquirir uma GTS 125 usada ou nova se tivermos em conta o preço?

    São motos que foram feitas para durar?!? :)

    Desde já obrigado pela atenção,

    ResponderEliminar
  197. Boas José Augusto


    Bom... quanto a concessionários, existem muitos mas por agora estou muito satisfeito com a JCG Motos, que conheço desde 2007 e desde aí, todas as minhas motos e da minha antiga empresa de estafetas foram lá assistidas. A juntar a isto já lá comprei 3 Sym...e quando precisar de comprar outra moto, será lá, quase de certeza, a não ser que mude de marca.

    ResponderEliminar